domingo, 28 de fevereiro de 2010

Gama 5x1 Brasília - Alguém anotou a placa?

Autor: Marcelo | domingo, 28 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 12 comentários


O alviverde mais querido do DF encerrou o jejum de quatro jogos sem vitórias em grande estilo. Aproveitando o cansaço do adversário e as lambanças de sua defesa, o Gama atropelou o Brasília e goleou sem dó o desnorteado Colorado pelo elástico placar de 5x1.
Ferrugem, Kabrine, Kaká e Edicarlos duas vezes foram os autores dos gols alviverdes. Magrão descontou para o Colorado. O destaque da rodada foi a surpreendente derrota do Brasiliense para o vice lanterna Dom Pedro. A torcida desconfiada desta vez não veio em grande número. Mas os que estiveram foram agraciados com um espetáculo de futebol por parte do Gama.

COMEÇO EQUILIBRADO
O técnico Gérson desfalcado de Thiago Eciene e Betson alterou o esquema tático do alviverde. Ao invés de três zagueiros, apenas Pedrão e André compuseram a zaga. No meio de campo o aspirante Alex ocupou a vaga de Betson. O ataque foi formado novamente por Thiago Silva e Tallys. Este último por sinal foi o destaque da partida ao armar belas jogadas.
Ambas as equipes começaram o jogo de forma preguiçosa. O Brasília tinha mais posse de bola enquanto o Gama apostava nos contra ataques.
Aos oito minutos o Gama abriu o placar. Virada de bola de Iron para Kaká pela esquerda. O lateral tocou para Ferrugem de fora da área chutar rasteiro no canto direito de Roger.1x0 Gama.
O alviverde jogava melhor qundo o Brasília empatou num lance indecente. O zagueiro André acompanhava uma bola perdida pelo ataque do Brasília e Alencar se encaminhou para agarrá-la. Só que o goleirão bateu roupa e Magrão esperto no lance tirou a bola das mãos de Alencar e arrematou para o gol. Gauchinho ainda tocou na bola para as redes. O juiz validou o lance e arrancou uma saraivada de reclamações de jogadores e do técnico alviverde que alegaram posição irregular do atacante no lance, mas de nada adiantou. 1x1.
A partir daí o Gama reinou absoluto em campo. Várias oportunidades de gol foram criadas e desperdiçadas. Duas bolas foram explodir na trave e salvou o empate para o Brasília até o fim do primeiro tempo.

SHOW
O Gama voltou determinado em busca da vitória no segundo tempo. O Gama dominava a partida e o gol não tardaria a sair. Thiago Silva perdeu a chance de desempatar a partida. Em bela jogada de Tallys o meia cruzou na esquerda dentro da pequena área. O atacante chegou atrasado e perdeu o lance.
Mas o Gama viria escrever a goleada logo em seguida. Kabrine cobrou falta da intermediária com perfeição e desempatou a partida. 2x1 Gama.
O Brasília então desabou em campo. O Gama impôs seu melhor preparo físico e conseguiu ampliar em uma bisonhagem de Roger. Enfiada de bola pela esquerda e Kaká correu na bola. Roger deixou o gol para dividir com o lateral e se deu mal. A bola sobrou limpa para Kaká tocar para o gol vazio.4x1.. 3x1.
O técnico colorado Humberto Ramos mexeu na equipe a fim de tentar uma reação. Mas aí Gérson promoveu a entrada de Edicarlos no lugar de Thiago Silva. O Baixinho recebeu lançamento em profundidade e chutou cruzado. 4x1.
O final da partida estava próximo e a galera gritava "olé" quando Edicarlos deu o golpe de misericórdia. Cruzamento da esquerda e Edigol de voleio fechou o caixão do colorado. 5x1 e fim de jogo.
Com a vitória o Gama assumiu a vice liderança com 17 pontos atrás apenas do Atlético Ceilandense com 20. A próxima partida do Gama no candangão será nesta quarta-feira (3) às 16:00 no estádio Serra do Lago para enfrentar o Luziânia.
.

RESULTADOS

- Botafogo 1x1 Ceilândia (ontem)
- Gama 5x1 Brasília
- Dom Pedro 2x0 Brasiliense
- Ceilandense 1x0 Luziânia

sábado, 27 de fevereiro de 2010

OLHO NELE - Gauchinho é a esperança de gols do Colorado

Autor: Marcelo | sábado, 27 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 1 comentários


Veterano atacante será a preocupação da zaga alviverde neste domingo
Foto: Clicrbs.com.br


Gama e Brasília se enfrentam neste domingo com um único pensamento: recuperação. Do lado alviverde a pressão da torcida é por uma vitória que recoloque o clube no rumo da classificação à segunda fase. Apenas os quatro primeiros vão às semifinais do campeonato.
Já o vice campeão candango esta vindo de três derrotas consecutivas (duas pelo Candango e uma pela Copa do Brasil) e já começa a ver de perto a zona de rebaixamento. O atacante Vágner do Canto que fez um dos gols em cima do Gama no empate em 3x3 no CAVE foi dispensado e agora quem comanda o ataque colorado é o veterano atacante Gauchinho.
Paulo Roberto Junges tem 33 anos e é um cigano da bola. Filho de descendentes alemães, nasceu na pequena Selbach do Rio Grande do Sul e começou a jogar nas categorias de base do Internacional com quinze anos. A partir daí rodou o Brasil e mundo para desfilar os seus gols. Entre seus 22 clubes destaque para sua passagem pelo pequeno XV de Campo Bom em 1998 quando era dirigido por um técnico desconhecido na época chamado Mano Menezes. O XV chegou às semifinais da Copa do Brasil naquele ano.
Também passou por Grêmio, Atlético-PR, Avaí, Cruz Azul-MEX e tantos outros. Em 2007 e 2008 jogando pela Luverdense-MT foi o maior artilheiro de todos os tempos no estado com 54 gols marcados. Jogando pelo Brasília o artilheiro marcou três gols, dois diante do Sport-PE pela Copa do Brasil. Olho Nele!!!

INGRESSOS À VENDA
Os ingresso para Gama x Brasília estão sendo vendidos à partir de hoje nas bilheterias do magnífico estádio Bezerrão. O preço dos ingressos será vendido à meia entrada para todos os setores até as 12:00 de amanhã quando serão majorados para o preço normal.

MOTIVO DA MUDANÇA
A mudança de horário do jogo entre Luziânia e Gama marcado inicialmente para 20:30 e transferido para as 16:00 horas pegou a todos de surpresa já que o estádio possui iluminação noturna. Porém ontem foi divulgado que o motivo da mudança foi pedido pelo clube goiano atendendo orientação da Polícia Militar daquela cidade já que esta se vê em um momento conturbado com o recente sumiço de adolescentes. Segundo a PM, caso o jogo fosse disputado à noite o trabalho da companhia ficaria comprometido já que o estádio fica localizado em local escuro e distante da cidade.

ZAGUEIRÃO LIBERADO
O zagueiro Rael teve seu nome publicado no E-BID de sexta feira e já está apto a jogar pelo Gama. O jogador pode fazer sua estréia já neste domingo diante do Brasília.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Gama x Brasília - Chega de empates!!!

Autor: Marcelo | sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 6 comentários




O alviverde mais querido de Brasília volta a tuar em seus domínios amanhã a partir das 16:00 horas quando enfrentará o vice campeão candango Brasília pela partida do returno do candangão 2010. O Gama jogou pela última vez em seu estádio no dia 15 deste mês e as lembranças não são boas: Perdeu para o Ceilândia por 2x1 e sofreu a primeira derrota no campeonato. Com isso caiu para a quarta colocação da tabela com três vitórias, cinco empates e uma derrota. Aliás o Gama ao lado do Botafogo é o time que mais empatou no candangão.

GAMA
A ordem no Gama é se recuperar no campeonato. O alviverde teve a semana de trabalhos dedicada a esta partida. O técnico Gérson não poderá contar com Betson expulso infantilmente na última partida diante do Botafogo, Thiago Eciene suspenso pelo terceiro cartão e nem com Yomisio que ainda se recupera de uma fratura nas costelas. Porém Ferrugem, Dudu e Kaká cumpriram suspensão automática e estão à disposição do xerifão.
Dúvidas não faltam na cabeça de Gérson. A primeira é sobre a manutenção do esquema de três zagueiros que evitou que a defesa tomasse gols diante do Botafogo. A segunda dúvida é sobre quem irá substituir Betson no meio de campo.
Como ficará mais uma vez desprovido de um volante titular, a tendência é que caso Rael tenha condições de jogo até domingo o técnico mantenha os três zagueiros adiantando André para a cabeça de área. Como a necessidade de vencer é grande, é possível que Gérson atue com dois atacantes diante do Brasília (Edicarlos e Thiago Silva) fazendo com que Tallys volte ao banco de reservas. O zagueiro Rael ainda não foi regularizado na CBF.
Hoje à partir das 16:00 no palco do jogo o técnico promoverá um coletivo onde deverá definir os onze que entrarão em campo domingo. O provável Gama: Alencar; Pedrão, André e Rael; Dudu, Iron, Ferrugem, Kabrine e Kaká; Thiago Silva e Edicarlos.

BRASÍLIA
A situação do colorado não é das melhores. Depois de ser derrotado pelo lanterna Luziânia na rodada passada do candangão e goleado no Serejão diante do Sport pela Copa do Brasil (sendo eliminado na primeira fase), o técnico Humberto Ramos terá que driblar a má fase e o cansaço dos atletas para tentar fazer com que o time reaja e fuja da zona de rebaixamento.
O técnico não tem baixas para o jogo e deve manter o mesmo time que enfrentou o Sport na quarta feira: Roger Kath; Bruno, Leandro Falcão, Luiz Henrique e Magrão; Fagner, Felipe, Kabila e Fernandinho; Vinicius e Gauchinho.

ARBITRAGEM
O árbitro José Caldas será o juiz da partida acompanhado dos auxiliares Enio Carvalho e Edvaldo Freire. Jamir Garcêz será o quarto árbitro.

MUDANÇA DE HORÁRIO
A Federação Brasiliense de Futebol anunciou que o jogo entre Luziânia e Gama marcado para esta quarta feira (03/03) no estádio Serra do Lago foi antecipado de 20:30 para as 16:00. O motivo da mudança não foi informado. Graças a esta mudança a FBF permitirá que torcedores do Gama tenham tempo para ir ao Serejão confrontar a torcida do Brasiliense que jogará às 20:30 no mesmo dia. Vai entender...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Revelado nome do novo zagueiro

Autor: Marcelo | segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 10 comentários


Rael não seria uma troca de seis por meia dúzia?


O repórter Fellip Del Bosco descobriu qual será a nova contratação do Gama para a zaga. Trata-se do zagueiro Rael que possui vínculo com o Goiás.
O zagueiro que estava encostado no elenco alviverde goiano tem as mesmas características de Lídio dispensado recentemente. Israel Loureno Mendes é natural de Redenção/PA tem 23 anos 1,86 de altura e pesa 80 Kg. O zagueiro acumula passagens por Goiás, Jataiense/GO, Rondonópolis, Ulbra Ji-Paraná/RO, Universidade Sport Club/RS (ex-Sport Club Ulbra) e Fluminense/MG, clube desconhecido que disputou a segunda divisão do campeonato mineiro ano passado.
Quem confirmou a contratação foi Marco Figueiredo, Diretor de Futebol do Goiás: "O Rael, vai mesmo para o Gama, ele estava treinando no profissional, mas o Jorginho, técnico do Goiás, não iria usá-lo" disse. Sobre o tempo de contrato o mesmo disse que ficará a critério do Gama: "O tempo de contrato dele, por empréstimo, eu deixei a critério do Gama". Provavelmente será somente até o final do candangão.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

TV BLOGAMA - Melhores momentos da partida

Autor: Marcelo | sábado, 20 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 3 comentários

Assista agora aos melhores momentos da partida entre Botafogo e Gama no Mané Garrincha.

Botafogo-DF 0x0 Gama - E o jejum continua...

Autor: Sérgio Vinícius | | Categoria: | 19 comentários

Sob sol escaldante Botafogo/DF e Gama ficaram no 0 a 0.
Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)



O grande público esperado no estádio Mané Garrincha não compareceu, além do mais Gama e Botafogo-DF apresentaram um jogo truncado e com poucas oportunidades reais de gol. No jogo de hoje a única estrela que brilhou foi o sol. Tanto Botafogo quanto Gama exibiram um futebol burocrático e com pouca objetividade.
O empate fora de casa, jogando com um a menos a maior parte do segundo tempo e debaixo de tamanho calor seria motivo para comemorar. No entanto a torcida não poupou críticas aos jogadores e comissão técnica após o quarto jogo sem vitória do alviverde.

QUE LUA!
A Federação de Brasília mais uma vez pisou no tomate ao marcar a partida às quatro horas da tarde ao invés de cinco como nas partidas anteriores. O sol estava forte e o calor dentro do estádio beirava o insuportável. Foi neste clima quente que Botafogo e Gama entraram em campo.
Se fora do campo estava quente, dentro dele o jogo seguia morno. Talvez por que os atletas estivessem se poupando da longa corrida debaixo do sol. O técnico Gérson preparou um esquema defensivo para encarar o Fogão. O Gama entrou no 3-6-1 com apenas Thiago Silva como atacante. Márcio Mexerica foi para a lateral direita e Tallys entrou no meio de campo. O Gama então dominou o início da partida e deixou de abrir o placar em pelo menos duas oportunidades.
O Botafogo então equilibrou a partida e passou a engrossar o jogo no meio de campo. Mas ambas as equipes não obtiveram muito sucesso em seus objetivos. O jogo foi interrompido aos 22 do primeiro tempo para que os atletas pudessem se refrescar. Mas o jogo seguiu no marasmo sem que nenhum dos times pudesse chegar com perigo ao gol adversário.

GOLS ANULADOS
No segundo tempo o técnico Gérson tentou dar mais poder ofensivo ao alviverde colocando o atacante Edicarlos no lugar de Mexerica. Mas a mexida não fez efeito. O Gama chegou a marcar. Cobrança de falta de Iron e Thiago Silva escorou para o gol. Mas o juiz anulou o tento atendendo marcação de impedimento do auxiliar. A zaga alvinegra foi esperta e cobrou rápido lançando Zé Carlos em profundidade. O atacante ficou cara a cara com Alencar mas o goleiro do Gama defendeu o chute e evitou que o Botafogo abrisse o placar.
Aos 15 Betson fez falta dura por trás e levou o segundo amarelo do juiz deixando a equipe alviverde com dez. O Botafogo então chegou ao gol. Cobrança de escanteio e Zé Carlos desviou de Alencar. Mas o outro auxiliar também anulou o gol por impedimento.
A partir daí o técnico Gérson promoveu as entradas de Geraldo e Vinícius nos lugares do apagado Tallys e de Thiago Silva. As oportunidades foram acontecendo mas os goleiros Donizete e Alencar não permitiram que os gols acontecessem. No final, ambas as equipes terminaram com um ponto cada e devendo uma reação às suas torcidas.

TORCIDA PROTESTA
Na saída do vestiário a torcida IRA jovem que fez uma grande festa durante o jogo aguardou a passagem dos jogadores para protestar pelo jejum. Cabisbaixos e calados os jogadores foram passando. O próximo compromisso do alviverde será no próximo domingo no estádio Bezerrão quando enfrentará o Brasília.

Com os resultados deste sábado (20), o Gama caiu para a 4º posição na tabela de classificação enquanto o Brasiliense assumiu a ponta da competição seguido do Atlético Ceilandense (2º lugar) - que ainda não jogou na rodada - e Ceilândia (3º lugar). Todos os times do G4 estão empatados com 14 pontos.


9ª Rodada - Candangão 2010

Sábado (20/02):
Botafogo/DF 0x0 GAMA (Mané Garrincha)
Luziânia/GO 3x2 Brasília (Serra do Lago)
Ceilândia 0x3 Brasiliense (Abadião)

Domingo (21/02):
Atlético Ceilandense x Dom Pedro (Abadião)

Promoção Ira Jovem Gama

Autor: Sérgio Vinícius | | Categoria: | 7 comentários

Por R$10,00 o torcedor tem transporte ao Mané Garrincha e compra uma camisa do Arrastão verde


A Torcida Organizada Ira Jovem Gama está fazendo uma promoção para o jogo deste sábado (20) diante o Bofafogo-DF.

Quem estiver com dificuldade para se locomover ao estádio Mané Garrincha poderá ir em um dos ônibus da torcida. A passagem custa R$5,00 ida e volta com direito a ingresso. E pagando R$10,00 você compra também uma camisa do Arrastão Verde (foto). Campanha da organizada para extinguir do estádio Bezerrão camisas de outros times.

Ou seja, pagando R$10,00 você vai ao jogo e de quebra compra uma camisa do Gama.

Os ônibus saírão de frente do estádio Bezerrão rumo ao estádio Mané Garrincha às 14:30h mas a concentração começa às 12:30 na escadaria da arquibancada Oeste do estádio Bezerrão.

Informações:

Sula: 8456-9838
BB: 8450-9323

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Piraju liberado

Autor: Marcelo | sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 2 comentários

O nome do novo reforço do alviverde candango acaba de ser publicado no E-BID da CBF. Com isso, o atacante já pode figurar entre os reservas na próxima partida diante do Botafogo-DF neste amanhã no estádio Mané Garrincha. A partida pode ser a última a ocorrer no estádio que deverá ser implodido para dar lugar ao novo estádio nacional que sediará os jogos da Copa do Mundo de 2014.
A expectativa agora fica por conta da contratação do novo reforço para a zaga. O zagueiro pode vir de um clube de São Paulo.


ERRATA
A partida de amanhã está marcada para as 16:00 horas, e não 17:00 conforme informado no tópico anterior. A distribuição dos ingressos no estádio Mané Garrincha para a torcida do Gama ainda não foi confirmada.

Gama e a popularização do futebol no DF

Autor: Remy Soares | | Categoria: | 19 comentários

Há tempo venho observando e analisando a singularidade que distingue Brasília das demais unidades da Federação no que diz respeito ao futebol. Resolvi, então, escrever um artigo sobre a popularização do futebol na Capital da Esperança. É um artigo em construção e as críticas para aperfeiçoá-lo são sempre bem-vindas.

A popularização do futebol no DF demorou certo tempo. Os construtores de Brasília estavam preocupados, inicialmente, em firmá-la como Capital da República, para, desta forma, superar as adversidades encabeçadas pelos opositores da transferência da sede do governo federal, da Cidade Maravilhosa, para o Planalto Central.

Logo no início surgiram alguns times de futebol em Brasília. Afinal, futebol é a maior expressão da alegria do povo, independentemente das ilhas culturais. Dentre as primeiras equipes merecem destaque o time da Rabelo, o Defelê e o Cruzeiro, onde jogava o meu amigo Benedito Ruy dos Santos, o Dito.

Estas equipes não possuíam uma adequada estrutura profissional, ainda assim conquistaram alguns títulos. A grande verdade é que esses times não ganharam o coração do torcedor, com raras exceções reservadas àqueles apaixonados pelo futebol que compareciam aos campos de futebol para matar a saudade da terra natal.

O time do CEUB inaugurou o profissionalismo no DF. Em seguida, surgiu o Brasília Esporte Clube que fez história com base na imensa seara dos títulos conquistados, situação superada, nos últimos anos, pela Sociedade Esportiva do Gama.

Brasília consolidou-se como a Capital da Esperança, como antevira o francês André Malraux. O sonho de JK transformou-se em realidade. Tempos depois a Sociedade Esportiva do Gama consolidou o seu nome no DF, como o primeiro time com torcida formada em sua própria comunidade, lotando o Bezerrão nas tardes de domingo.

Os títulos conquistados pelo Gama, que é decacampeão do DF, tiveram início em 1979 e abriram caminhos para que o futebol se popularizasse nas paragens desta terra de largos horizontes. O maior público registrado nos estádios do DF pertence ao Gama, no final da Segunda Divisão, no dia 20 de dezembro de 1998, quando levou ao Mané Garrincha mais de 56 mil torcedores.

Naquela oportunidade o alviverde sagrou-se campeão da Segunda Divisão ao derrotar por 3x0 a equipe do Londrina-PR. Foi a maior festa do futebol em Brasília. Outros jogos importantes, com casa cheia, foram registrados na Primeira Divisão, em 1999, a exemplo dos jogos com o Corinthians, Flamengo, Fluminense, Palmeiras, Santos e Grêmio. O Gama desfilou com elegância diante destas equipes e projetou o seu nome no cenário nacional.

Por todas estas razões, Brasília tem se constituído nas últimas décadas como num centro formador de grandes atletas. Daqui saíram para bilhar no futebol nacional e internacional: Lúcio, zagueiro da Seleção Brasileira, Dimba, artilheiro do Campeonato Brasileiro/2003; Renaldo, Warley e Washington, artilheiro do campeonato brasileiro de 2005.

O Kaká, ídolo da Seleção Brasiliera, não jogou em Brasília, mas nasceu no Hospital Regional do Gama e leva o nome da Capital Federal em sua identidade.

Em época pretérita a história do futebol local aplaudiu e reverenciou os seus ídolos: Paulo Vitor, Hélio (goleiro), Edmar, Fantato, Júnior Brasília, Manoel Ferreira, Péricles, Banana, Santos e tantos outros nomes que, de igual modo, merecem citação neste trabalho.

Brasília deve muito a estes atletas. Foram eles que, com muitas dificuldades, ajudaram a popularizar o futebol na Capital da República, com o apoio dos dirigentes dos clubes e, sobretudo, com o aval da antiga Federação Metropolitana de Futebol que também fez o seu papel contando, para tanto, com exemplar cobertura da mídia em todos os seus segmentos.

Antes o torcedor que morava no DF ficava com os olhos voltados para a televisão e acompanhava, com entusiasmo, o Campeonato Brasileiro e alguns campeonatos regionais, torcendo, quase sempre, pelo futebol carioca, paulista, mineiro e, com raras exceções torcia-se, também, pelos times do Rio Grande do Sul. Enquanto isso, os estádios do DF continuavam vazios. Os campeonatos iniciavam e terminavam sem atrair o público.

Foi o Gama quem ajudou a modificar esta história. Antes da ascensão do alviverde à Primeira Divisão, quando o time disputava alguma partida em Brasília, enfrentando equipes de renome, principalmente na Copa do Brasil ou, eventualmente, em amistosos, não se via nos estádios praticamente nenhum torcedor ostentando as cores do seu uniforme alviverde.

Mesmo com o descenso do Gama à Terceira Divisão, duas vezes nos últimos seis anos, a torcida preservou a sua linha de afinidade com a equipe. Os torcedores do Gama possuem traços históricos com o time. É um time com cumplicidade afetiva fincada nas suas raízes, a própria cidade do Gama. É só o time corresponder em campo que os torcedores residentes em outras localidades voltarão aos estádios para acompanhar o Gama. Isso tem sido observado, em parte, com o público que voltou ao Bezerrão, depois da inauguração do moderno estádio, em novembro de 2008.

Nos alinhavos iniciais deste despretensioso artigo, não poderia deixar de tecer ligeiras e oportunas considerações sobre o Brasiliense e a sua torcida até mesmo porque estou escrevendo sobre a popularização do futebol no DF. Espero que os torcedores do Gama entendam a minha abordagem histórica.

O Brasiliense, com a sua recente história, tem surpreendido a todos, com equipes bem montadas, além da atuação profícua do seu presidente, que vez por outra se excede na sua conduta. As ações dos dirigentes do Brasiliense estão voltadas para motivar a presença dos torcedores no Serejão, que passou a ser conhecido como a “Boca do Jacaré”, em que pese o seu nome oficial Estádio Elmo Serejo Farias, ex-governador do DF indicado pelo governo militar do Palácio do Planalto.

No Brasil não há precedente de uma estrutura tão jovem e vitoriosa como a do Brasiliense que, também, trouxe para o DF o título da Segunda Divisão, em 2004, feito anteriormente conquistado pelo Gama, conforme registrado neste artigo.

Hoje a torcida do Brasiliense está desmotivada e não acompanha com o mesmo entusiasmo o desempenho, em campo, do mencionado time. Isso prova que não há identidade que vincule a torcida com o time e nem pouco com a sua base territorial mesclada entre Taguatinga, Samambaia e Ceilândia.

É importante para Brasília que haja, no mínimo, duas equipes com torcidas organizadas. Torcedores que compareçam aos estádios, que incentivem os seus times e, acima de tudo, que tenham consciência da importância do papel que desempenham ao fazer a festa nas arquibancadas. Futebol é emoção, festa e alegria.

A torcida é quem dar cores e emoção aos jogos, às vezes, com a verve das suas declarações, influi até no placar, ao elevar a autoestima dos atletas e dos dirigentes. Os atletas são artistas que, com suas jogadas fantásticas, precisam do público para aplaudi-los.

Até mesmo o futebol amador do DF tem levado muito gente aos campos improvisados em praças públicas, com destaque ao Campo do SENAI, no Setor Sul do Gama, que dispõe de razoável infraestrutura, carinhosamente conhecido por “Pelódromo”. Em Ceilândia Norte, à altura da divisa com o Setor “O”, a presença do público, nos jogos da comunidade tem crescido bastante.

É maravilhoso perceber que, aos poucos, Brasília torna-se independente, também, no futebol, com equipes que lutam para enobrecer o futebol aqui praticado. Em virtude do trabalho desempenhado com elevado grau de qualidade, a imprensa esportiva também conquistou lugar cativo no DF, com jornalistas que se aperfeiçoam cada vez mais em suas áreas de atuação.

Por tudo que aqui foi exposto pode se afirmar, sem titubear, que hoje o futebol de Brasília está diariamente na mídia, com a divulgação de resultados que dignificam a popularização do futebol candango, que deve muito da sua história à Sociedade Esportiva do Gama.

REMY SOARES DE CARVALHO
Sou torcedor do Gama
19.2.2010

Mudança de hábito

Autor: Marcelo | | Categoria: | 8 comentários


O Gama perdeu sua primeira partida no campeonato candango e a liderança. O próximo compromisso da equipe alviverde mais popular do DF será neste sábado às 17:00 diante do Botafogo-DF no estádio Mané Garrincha. O técnico Gérson que perdeu quatro titulares tentará fora de casa retomar o caminho das vitórias, já que a última foi em casa contra o arquirrival Brasiliense no Bezerrão dia 31 de janeiro. De lá pra cá foram dois empates (contra Dom Pedro e Ceilandense) e uma derrota (diante do Ceilândia).
Mas a missão promete ser indigesta. O adversário é o badalado Botafogo-DF que mesmo tendo uma folha de pagamento alta está na beira da zona do rebaixamento com 10 pontos, mesma quantidade que o penúltimo colocado Dom Pedro porém com dois gols marcados a mais (12 contra 10).
Como ambos estão vindo de derrota, o jogo promete ser uma guerra. Pelo lado do Gama o Xerifão Gérson resolveu reforçar o sistema defensivo e arma um "ferrolho" diante do Fogão. Ontem o Gama treinou no esquema 3-5-2 colocando todos os zagueiros que têm à disposição.
No gol Alencar continua com a missão de defender a meta alviverde. Na zaga Pedrão pela direita, Thiago Eciene pela esquerda e André mais avançado pelo meio tentarão evitar os ataques alvinegros. Na ala esquerda Gérson escalou Djalminha que havia perdido a posição para Kaká. No meio de campo permanecem os volantes Betson e Iron acompanhados pelo meia Kabrine. O mistério fica na ala direita. O especialista substituto na posição é o ex-aspirante Alex mas como o técnico não vem dando oportunidades aos atletas da base, o meia Tallys ou os volantes Oliveira e Gleison podem ser improvisados na posição. No ataque ficam Thiago Silva e Edicarlos. O atacante Piraju recém contratado não teve sua situação regularizada até o momento.
Pelo lado do Botafogo, a temperatura está altíssima. O clone local do alvinegro carioca perdeu de goleada para o Brasiliense na semana passada e o técnico Marquinhos Bahia pediu o boné. Para o seu lugar o clube contratou o experiente Reinaldo Gueldini que passou pelo Gama ano passado. O lateral direito Ley, os meias Testinha e Luiz Carlos e os atacantes Torrô e Juninho deixaram o Botafogo e novos jogadores estão sendo contratados. O atacante Édson Alegria ex-Cristalina-GO, o meia Daniel que estava no futebol do Vietnã e o também meia Fabinho são as caras novas.
O esquema tático passou para o 4-4-2 e praticamente outro time entrará em campo no sábado. Donizete permanece no gol. Na lateral direita o volante Leís assume a posição enquanto Possato entra na esquerda. Rafinha vai para o banco. Na zaga Adriano Cacareco será sacado para a entrada de Luan que fará dupla de zaga com Lucas Souza. No meio de campo os volantes Bruno de Jesus e Carlos Alberto acompanharão os meias Thompson e Alcione. O veterano Sérgio Manoel sentiu uma contratura muscular e está fora. No ataque o artilheiro do candangão com seis gols marcados Zé Carlos e o falastrão Túlio Maravilha.

SÓCIO TORCEDOR PRESTIGIADO
A coordenação do programa sócio torcedor informou que os participantes do projeto terão entrada gratuita para a próxima partida no Mané Garrincha. Basta o torcedor apanhar os quatro ingressos a que tem direito na bilheteria do Bezerrão ou na drogaria Claramed hoje em horário comercial (9 às 12 e 14 às 18) e amanhã (9 às 11 da manhã). Segundo a diretoria do Botafogo seriam distribuídos 10.000 ingressos. Alguns foram entregues na entrada do Bezerrão no jogo passado e outros foram entregues direto à torcidas organizadas. O BLOGAMA tentou entrar em contato com o Botafogo-DF para saber se haverá distribuição de ingressos no dia da partida mas não obteve sucesso.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

INHACA - Zagueiro é dipensado e mais um vai para o DM

Autor: Marcelo | quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 8 comentários


Zagueiro Lídio foi dispensado por mal comportamento
Foto: Gamagol
Com informações do repórter Rafael Moura

O bom ambiente encontrado no Gama no início do campeonato foi abalado após a derrota em casa diante do Ceilândia. Ontem o Gama anunciou o desligamento do zagueiro Lídio que estava no grupo desde o acesso do Ceilandense ano passado. Segundo informações da diretoria de futebol, o zagueiro demonstrou mal comportamento.
Assim, a diretoria do alviverde busca um novo reforço para a zaga. Segundo o Diretor de Futebol do Gama Flávio Raupp, um novo zagueiro estaria sendo contatado, porém seu nome não foi revelado para não comprometer a negociação.

ZICA
O técnico do Gama Gérson Vieira ganhou mais uma preocupação. O lateral direito Dudu também levou o terceiro cartão amarelo e não poderá enfrentar o Botafogo neste sábado no estádio Mané Garrincha. E seu substituto imediato, o polivalente Yomisio sentiu dores nas costas no último treinamento e o Departamento Médico constatou uma inflamação na espinha dorsal do jogador. Yomisio terá de ficar cinco dias em repouso e também estará fora da próxima partida.
Dudu e Yomisio se juntam a Keké (lesionado), Kaká e Ferrugem (suspensos) totalizando cinco desfalques. Assim os reservas Djalminha, Elivelto, Romário Tito, Oliveira e Gleison podem ganhar uma chance no time titular.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Após derrota Gama contrata atacante

Autor: Marcelo | quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 6 comentários



Apesar de possuir o ataque mais positivo do candangão, o Gama contratou mais um atacante.Trata-se de Piraju que fazia parte do elenco da Portuguesa-SP. Revelado nas categorias de base da Lusa, Luiz Felipe Silva Camargo (Piraju) participou da pré temporada com o clube luso mas não vinha sendo aproveitado pelo técnico da equipe paulista, Vágner Benazzi. Aos 19 anos, Piraju mede 1,82 m e pesa 75 quilos.
O novo reforço já assinou contrato e depende agora da publicação de seu nome no BID da CBF para poder entrar em campo. Piraju vem para suprir a ausência de Keké que ficará oito meses em recuperação por conta de lesão no joelho.
O novo reforço terá que disputar posição com Thiago Silva, Edicarlos, Paulo Renê e Vinícius.

GAMA NA TIMEMANIA
O Gama foi o clube do coração no último sorteio da timemania (13/02). O concurso nº 102 teve os seguintes números sorteados: 26 28 34 45 48 49 77.

DESFALQUES
O Gama voltou a treinar nesta terça visando a próxima partida diante de Botafogo-DF neste sábado (20). Para esta partida o técnico Gérson não poderá contar com o lateral esquerdo Kaká que foi expulso no último jogo e de quebra sofreu uma entorse no treinamento de ontem. O volante Ferrugem também estará fora por ter levado o terceiro cartão amarelo. Porém o xerifão poderá contar com o retorno de Betson que cumpriu suspensão automática no jogo passado.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Adeus liderança...

Autor: Sérgio Vinícius | sábado, 13 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 14 comentários

O Gama sofreu sua primeira derrota diante do Ceilândia no estádio Bezerrão
Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)


Com um time extramamente defensivo o Gato Ceilândia desbancou o ex-líder e invicto Gama em pleno estádio Bezerrão.

---

partida começou com ambas equipes se estudando muito e um Ceilândia muito defensivo. Mas a estratégia do Gato Preto funcionou.

O primeiro lance de perigo só ocorreu aos 16 minutos do primeiro tempo. Em bola cruzada na área o lateral Badhuga de cabeça abriu o placar para o Ceilândia.

Gama e Ceilândia se respeitavam bastante, a equipe do gato manteve-se na defensiva contra-atacando pelas laterais.

O Gama só foi levar perigo à meta de Edinho aos 22 minutos da primeira etapa. Kabrine, em falta pela direita, cobrou direto para o gol, forçando o goleiro do time alvinegro a espalmar a bola para fora.

Aos 33 minutos Ferrugem teve a melhor chance de empatar a partida, o volante recebeu a bola no meio de campo, avançou, tabelou com Thiago Silva e ficou cara-a-cara com Edinho mas chutou para a linha de fundo.

No segundo tempo a única mudança foi a entrada de Tallys no lugar de Vinícius, os times continuaram com o jogo truncado no meio campo e o Ceilândia mais recuado atuando nos contra-ataques.

O Gama conseguiu igualar o placar aos 13 minutos do segundo tempo. Depois de cobrança de falta para área, a bola sobrou na entrada da área para o lateral esquerdo Kaká chutar, ainda houve um desvio antes da redonda morrer no fundo das redes. Gama e Ceilândia um a um.

Mas o Ceilândia mostrou que não estava para brincadeira, em uma jogada desacreditada aos 19 minutos do segundo tempo, Dimba avançou pela direita e chutou sem ângulo para o gol de Alencar que foi obrigado a espalmar a bola para escanteio. E já aos 20 minutos, depois de cruzamento pelo lado direito Panda de cabeça deixa o Ceilândia novamente na frente.

Aos 27 minutos do segundo tempo Kabrine em cobrança de falta quase empatou para o Gama mas a bola bateu na trave esquerda do goleiro Edinho e saiu da área.

Fim de jogo. Gama 1x2 Ceilândia

A próxima partida do Gama está marcada para o próximo sábado (20) contra o Botafogo-DF no estádio Mané Garrincha às 17h, já o Ceilândia defende a liderança recebendo o Brasiliense no estádio Abadião no sábado também às 17h.

Gama perde a invencibilidade e a liderança

Autor: Remy Soares | | Categoria: | 8 comentários

Em jogo sem muita produtividade e criatividade, o Gama perdeu nesta tarde, no Bezerrão para o Ceilândia, pelo placar de 2x1. Com isso perdeu, também ,a liderança e caiu para a terceira colocação na classificação geral do campeonato Candango.

Com os resultados da rodada o time do Ceilândia assumiu a liderança, acompanhado do Ceilandense que ficou com a vice-liderança ao derrotar o Brasília. Agora, com este resultado, somado aos quatros últimos jogos sem vitórias do Gama, dois empates e uma derrota, é chegado o momento da Diretoria reavaliar as pretensões da equipe no campeonato.

Numa avaliação primeira, eu diria que equipe do Gama é extremamente jovem, com uma média de 23 anos e, por isso mesmo, seria de bom alvitre a contratação de algum jogador com qualidade técnica e experiência de vida para ajudar a garotada do Gama, que, às vezes, comete os seus desatinos, talvez, pela inexperiência, a exemplo da atitude do jogador Kaká que foi expulso por uma conduta impensada ao chutar o chão numa nítida demonstração de discordância com a arbitragem.

Naquele momento o Gama detinha vantagem numérica diante do seu adversário e estava, inclusive, esboçando reação com jogadas arquitetadas pelos seus atacantes que estavam recebendo apoio do público presente, pouco mais de dois mil torcedores, do Gama, pois o Ceilândia não levou ao estádio mais do que 10 torcedores.

No próximo sábado, dia 20, no Mané Garrincha, o Gama vai buscar a ponta da tabela diante do Botafogo-DF. Para tanto, passou a depender da combinação de resultados.

Até a próxima e curtam o Carnaval com moderação e equilíbrio.
Remy Soares - Asa Norte - DF, 13.2.2010

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Para seguir na ponta

Autor: Marcelo | sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 10 comentários

O Gama vai reencontrar um Ceilândia bem diferente de quando venceu com propriedade no estádio Abadião por 3x0. O Gato Preto após aquela derrota se reencontrou dentro de campo e reagiu na tabela chegando à vice liderança até a rodada passada. Tudo graças ao bom trabalho do técnico Adelson de Almeida que ao mudar o esquema de jogo (do 4-4-2 para o 3-5-2) fez o Ceilândia conhecer o caminho das vitórias.
Já o Gama vive um bom momento no candangão. Líder isolado da competição, o alviverde vem de um empate sem gols diante do Ceilandense na rodada passada e passou por um aperto fora das quatro linhas com a "chiada" do técnico Gérson. Passada a chuva, o Gama terá que suprir os desfalques do limitado elenco que tem para segurar a ponta.
Para a difícil batalha diante do Ceilândia, Gérson que não costuma mudar a postura tática da equipe deve mandar a campo o polivalente Yomisio e o atacante Thiago Silva nos lugares de Betson (suspenso) e Keké (lesionado). Ontem o treinador experimentou Vinícius e Tallys como opções ofensivas.

BRASILIENSE VENCE E JÁ É VICE LÍDER
O Brasiliense deu mostras de que voltará a brigar pelo título. O Jacaré comandado agora por Roberto Fernandes venceu de forma convincente o Botafogo-DF por 4x2 e já ocupa a segunda posição com 11 pontos, mesma pontuação de Ceilândia, Brasília e Ceilandense porém com um jogo a mais.

DANÇA DAS CADEIRAS
O Botafogo que foi derrotado pelo Brasiliense perdeu seu técnico. Marquinhos Bahia que estava desde a fundação do clube à frente da equipe pediu demissão e não comanda mais o alvinegro. A diretoria contratou o ex-técnico do Gama Reinaldo Gueldini para o seu lugar. Gueldini que estava sem clube desde que comandou o alviverde na série C do ano passado.
Quem também não resisitu no cargo foi José Lopes Risada do Dom Pedro. A série de quatro empates consecutivos que levaram o clube à zona de rebaixamento foi a causa de sua demissão que já vinha sendo especulada desde o surpreendente empate em casa dianto do Gama na Metropolitana. O presidente do clube dos bombeiros Cléver Rafael contratou o técnico Marquinhos Carioca que estava sem clube desde o ano passado quando comandou o Brasília no candangão.

INGRESSOS À VENDA
Os ingressos para a partida entre Gama e Ceilândia estão à venda desde ontem ao preço de meia entrada (R$ 10,00 arquibancadas leste e sul). O valor do ingresso permanecerá até às 15:00 horas de hoje. Quem deixar para comprar amanhã terá que pagar preço de inteira (R$ 20,00 para os mesmos lugares).
O Coordenador do programa Sócio Torcedor, Nur Omar Shehadeh informou que quem participar do programa ganhará um ingresso de graça para o jogo de amanhã.

JUSTA HOMENAGEM
Os jogadores que participaram do vice campeonato da Copa Santiago de Juniores serão homenageados durante o intervalo da partida entre Gama e Ceilândia. Os meninos conseguiram a proeza de eliminar equipes favoritas como Grêmio e Vasco-RJ tiveram o goleiro menos vazado da competição (Paulo com apenas 7 gols sofridos) e o atacante Formiga como destaque. A equipe de base agora tentará uma vaga na taça BH que acontece em Junho e Julho.

Vai mudar!

Autor: Sérgio Vinícius | | Categoria: | 3 comentários

De novo uniforme, Gama faz último coletivo antes da partida contra o Ceilândia
Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)


Hoje o Gama realizou um rápido coletivo com atenção especial voltada para jogadas ensaiadas.

Os jogadores do periquito iniciaram os trabalhos na tarde da quinta-feira com um trabalho de aquecimento passando para toque de bola, logo após começou o coletivo comandado pelo técnico Gérson Vieira.

Vieira parou por várias vezes o coletivo para corrigir o posicionamento dos jogadores e as jogadas ensaiadas.

Gérson utilizou dois times no coletivo. Na primeira opção o técnico Xerifão colocou Vinícius no lugar do suspenso Betson, o time jogaria então com Kabrine - que retorna de suspensão - e Vinícius como meia-atacantes. Na segunda opção, que provavelmente será a utilizada para a partida de sábado, Gérson promoveu a entrada do curinga Yomísio na vaga de Betson e Tallys - substituindo o baixinho Edicarlos - como parceiro de ataque de Thiago Silva.

O provável Gama é: Alencar; Dudu; Thiago Eciene, Pedrão; Kaká; Iron, Ferrugem, Vinícius (Yomísio); Kabrine; Edicarlos (Tallys) e Thiago Silva

O periquito fará na manhã desta sexta-feira (12) um recreativo no CT Ninho do Periquito e seguirá direto para o hotel onde os jogadores ficarão em regime de concentração até a partida de Sábado.



Xodó no estaleiro

O resultado da ressonância magnética do atacante Keké não foi nada animador para a torcida e a comissão técnica do alviverde. Keké rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e deverá ficar de fora dos gramados de 6 a 8 meses. O atacante espera agora o inchaço do joelho lesionado diminuir para fazer a cirurgia corretiva.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

PLAKAR SPORTS - Nova camisa

Autor: Sérgio Vinícius | quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 11 comentários


A PLAKAR SPORTS apresenta a nova camisa da Sociedade Esportiva do Gama, ano 2010 modelos 01 e 02, muito mais bonita, leve e moderna. Agora os torcedores do Gama podem ter a melhor camisa da SEG produzida em toda a historia do clube. A SuperBolla fabricante dos uniformes esta adotando o mesmo padrão de qualidade das grandes marcas nacionais.

Aproveite as promoções da Plakar Sports, a nova camisa oficial está saindo por apenas R$79,90.

Soldado no estaleiro

Autor: Marcelo | | Categoria: | 4 comentários


Keké se machucou na partida passada e desfalca o Gama por tempo indeterminado
Foto: Adalberto Marques

Vida de jogador profissional é difícil. Não basta ter que demonstrar bom futebol para brilhar entre os titulares e quando consegue o feito vem uma lesão. O episódio ocorreu com o atacante Keké. Assim que ganhou a confiança de Gérson, o jogador sofreu uma lesão na coxa no jogo contra o Ceilandense.
Keké foi tratado na hora com gelo pelo Dr. Flory Machado e ontem fez uma Ressonância Magnética para saber a gravidade da lesão sofrida. O resultado sai hoje mas o atacante é desfalque certo para a partida deste sábado diante do Ceilândia no estádio Bezerrão.
Outro que também ficará de fora é o volante Betson por ter levado o terceiro cartão amarelo. Ferrugem , Dudu e Thiago Eciene estão "pendurados" com dois cartões cada. Gérson deverá escalar o polivalente Yomisio como primeiro volante e no ataque Thiago Silva deverá fazer dupla com Edicarlos.
O meia Kabrine que cumpriu suspensão no jogo passado retorna à equipe. Geraldo que entrou como titular no jogo passado deve voltar para o Banco.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Arrumando a casa

Autor: Sérgio Vinícius | terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 0 comentários

O Gama realizou na tarde desta terça-feira seu primeiro treino após o término do primeiro turno do candangão 2010, onde a equipe alviverde terminou em primeiro lugar dos oito times.

O técnico Gérson Vieira treinou jogadas ensaiadas com os laterais, meias e atacantes, enquanto os zagueiros estavam fazendo um trabalho de posicionamento separados do resto do grupo.

Falando ao BloGama, o diretor de futebol Flávio Raupp explicou a situação de Gérson e tratou de tranquilizar a torcida Gamense:

"O que houve foi só uma declaração mal interpretada. O Gérson tem sim contrato com o Gama, mas o contrato vigente era do ano passado com os valores da equipe de aspirantes. Estamos só mudando esses detalhes no contrato dele, mas o Gérson fica no Gama."


Agenda do líder

Na quarta-feira a tarde haverá um treino no estádio Bezerrão, quinta-feira os jogadores do periquito farão um coletivo também no estádio Bezerrão. O elenco entra em regime de concentração já na sexta-feira. visando preparar-se para a partida de sábado contra o Ceilândia no estádio Bezerrão à 17h.


Baixas

As únicas baixas do técnico Gérson são o volante Betson que levou o terceiro cartão amarelo na partida contra o Ceilandense e cumpre suspensão automática contra o Ceilândia e o atacante Keké sofreu uma entorse no joelho direito também na última partida do alviverde, a gravidade da lesão de Keké ainda não é conhecida. Na hora do treino desta terça Keké estava fazendo ressonância magnética para saber a gravidade em que se encontra sua lesão.

Raupp garante contrato de Gérson

Autor: Marcelo | | Categoria: | 1 comentários


Tudo indica que Gérson e Raupp acertaram os ponteiros
Foto: Marcelo Gonçalo (blogama.net)

Ao que tudo indica o técnico Gérson Vieira e o Gama entrarão em acordo. Raupp informou que o contrato do técnico será formalizado. O Diretor de futebol do gama informou que o contrato existente com Gérson ainda era de treinador dos aspirantes e que hoje será reajustado para técnico do time principal. A reunião que deveria ter sido realizada ontem foi remarcada para hoje.
Gérson soube do apoio generalizado da torcida pela internet e ficou emocionado:"Só tenho a agradecer ao torcedor. Fico emocionado com esse carinho. Isso aumenta a minha vontade de trazer títulos para essa torcida e esse apoio me dá mais motivação. Eu acho que não há ninguém com tanta vontade de trazer esse título do que eu". disse o xerifão.
O alviverde somente entrará em campo no próximo sábado às 17:00 quando enfrenta o Ceilândia no magnífico estádio Bezerrão.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

COMO É? Técnico do Gama pede contrato

Autor: Marcelo | segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 8 comentários


"Eu quero apenas uma segurança" disse o técnico Gérson
Foto: Adalberto Marques

O bom momento vivido pelo Gama neste candango tem um responsável direto. Sob a batuta do técnico Gérson, ex-zagueiro da equipe alviverde, o time é o líder da competição com 13 pontos e é a única equipe invicta do campeonato. Com um elenco baseado em jogadores locais, o grupo está unido em busca do décimo primeiro título da história do Gama.
Apesar disso, uma notícia divulgada ontem quebrou o encanto do alviverde. O técnico Gérson em entrevista ao repórter Felipe Igreja do site Clube do Esporte confessou que recebeu sondagem de um empresário goiano querendo tirá-lo do alviverde: "Eu admito que recebi uma sondagem de um empresário goiano, mas não teve proposta nenhuma. Foi feito apenas um contato, e se existir alguma proposta, este empresário irá me apresentá-la nesta segunda (08)".
Gérsão disse que nem pensa em deixar o clube, mas pediu um contrato com o Gama a fim de formalizar a aliança: "O trabalho que eu venho fazendo desde o ano passado, teve muita rejeição interna, e eu quero apenas uma segurança. Trabalhar tranquilo é muito importante" disse.
A rejeição a que se refere o xerifão se trata da resistência de parte da diretoria que quer trazer jogadores de fora para o Gama. Mas o Diretor de futebol do Gama Flávio Raupp tem apoiado a decisão de Gérson em não trazer jogadores que apenas aumentem o grupo sem resolver dentro de campo.
A surpresa ficou por parte da torcida e até mesmo do Diretor de Futebol que confessou não saber da insatisfação do professor: "Confesso que fui pego de surpresa pelo Gérson, e que não estava sabendo dessa insatisfação. O Gérson tem apenas um compromisso com o Gama, mas como outros técnicos tinham. É obvio que não existe, de minha parte, intenção nenhuma de interromper o trabalho do treinador neste momento” disse Raupp.
Uma reunião está agendada para hoje entre a diretoria e o técnico a fim de que seja realizado um acordo.

OPINIÃO: É público e notório que o trabalho do técnico Gérson é diferenciado. Apesar da resistência de membros da diretoria e até da torcida, Gérson colocou em prática o plano de desenvolver uma base para o Gama a fim de voltar a conquistar títulos, assim como foi em 1979 e 1998. Mas infelizmente quando a coisa vai bem, existem pessoas que querem tirar proveito da situação.
O fato de Gérson estar fazendo um ótimo trabalho ofusca interesses de determinadas pessoas. Ao longo dos anos vários jogadores tem enriquecido seus currículos às custas do alviverde. Basta o jogador dizer que jogou no Gama para o mercado abrir as portas para ele, mesmo que este tenha passado apenas uma semana no alviverde. É preciso haver a conscientização de que não adianta colher a fruta ainda verde.Com os pés no chão, o próprio Gérson disse que o elenco atual vai dar muitas alegrias, mas que espera render títulos só a partir do ano que vem. Deixem o homem trabalhar em paz!

domingo, 7 de fevereiro de 2010

A festa da torcida alviverde

Autor: Remy Soares | domingo, 7 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 6 comentários

No jogo de hoje à tarde, no Estádio Abadião, entre Ceilandense e Gama, se faltou gols, sobrou alegria por parte da torcida do Gama que fez a festa. Com um certo atraso, os integrantes da Torcida Ira Jovem adentraram o estádio quando já eram decorridos mais de 20 minutos da etapa inicial. Todos entoavam gritos de ordem e um coro muito afinado registrava que "O campeão voltou!". Os torcedores que estavam no estádio reforçaram o coro e a festa ficou bonita. Parabéns a todos os torcedores que não medem esforços para acompanhar a Sociedade Esportiva do Gama, alguns ostenando as cores da Torcida Organizada Ira Jovem, outros , em bom número, estampam no peito o uniforme do Gamão do Povão. Assim, neste contexto, pintam de verde os estádios do DF e dão vida ao nosso sonho em busca do 11º título no futebol candango. Dá-lhe Gama! Meus agradecimentos ao Janjão pela carona que me deu, pois fui de Metrô e perdi o último bonde que cruzou a Estação Guariroba exatamente às 19 horas. A demora na saída do estádio ocorreu em virtude da retenção da torcida do Gama por parte do policiamento destacado para cuidar da segurança do evento. Agora, depois do título simbólico do primeiro turno conquistado pelo Gama é só a equipe comandada pelo Gérson Vieira manter a pegada e levantar a Taça de Campeão Candango de 2010. Fico por aqui. Remy Soares - Asa Norte - DF

TV BLOGAMA - Melhores momentos da partida de hoje

Autor: Marcelo | | Categoria: | 2 comentários

Assista agora aos melhores momentos da partida entre Ceilandense e Gama no estádio Abadião.

Ceilandense 0x0 Gama - Empate bom para os dois

Autor: Marcelo | | Categoria: | 14 comentários


A torcida até que fez a sua parte, mas os gols não vieram
Foto: Marcelo Gonçalo (www.blogama.net)

Em um autêntico "jogo de compadres", Ceilandense e Gama empataram em 0x0 no estádio Abadião. Em uma tarde de clima bom, torcidas gritando e gramado em boas condições, esperava-se um jogo melhor. Porém os ex-parceiros se respeitaram demais em campo e saíram com um ponto cada.

JOGO FRACO
O Gama veio com Geraldo no meio de campo no lugar de Kabrine suspenso. Edicarlos e Keké no ataque se revezavam nas posições. Porém o técnico João Carlos Cavalo do Ceilandense armou um esquema defensivo para anular o melhor ataque do candangão. O zagueiro Éverson foi a sombra de Edicarlos que não conseguiu sair da marcação. Os laterais Amaral e Flávio fechavam o meio de campo quando não avançavam ao ataque. O Gama por sua vez insistia em jogar pelo meio de campo.
Em um jogo tão truncado o jogo seguiu sem emoções. Somente aos 18 o Gama deu o primeiro chute a gol. Ferrugem serviu Geraldo dentro da pequena área e o meia chutou por cima do gol.
Pela direita o Ceilandense encontrava mais facilidades para jogar. Naquele setor aos 25 Amaral fez boa jogada e tocou para Thiago Ferreira chutar nas mão de Alencar.
Aos 30 Keké dividiu bola com Ismael e caiu no chão. O atacante levou a pior e teve que ser substituído. Thiago Silva foi para o jogo. Aos 40 Ferrugem fez boa jogada pela direita e denro da pequena área chutou rasteiro. A bola tocou no meia Geraldo e foi para fora. Mas no minuto seguinte o meia arrancou dentro da pequena área e disparou o chute. Welder fez grande defesa. O Juiz apitou o fim do primeiro tempo.

MELHOROU, MAS...
No segundo tempo o Gama voltou melhor. Aos 5, falta cobrada por Thiago Eciene que Welder defendeu. Thiago Eciene bateu falta forte para a defesa de Welder. Aos 15 a melhor chance do Gama. Vinícius que havia acabado de entrar no lugar de Geraldo tocou para Thiago Silva dentro da pequena área chutar nas mão de Welder. Logo em seguida Giovani do Ceilandense recebeu bola dentro da pequena área e de frente com Alencar chutou por cima, quase a redonda vai para fora do estádio.
Gérson ainda tentou melhorar o ataque colocando Tallys no lugar de Edicarlos. Mas o Gama continuava respeitando demais o Ceilandense. No último minuto de jogo Dudu cruzou na medida para Kaká que chutou mas a bola rebateu na zaga. E terminou assim. Ceilandense 0, Gama também 0.
O resultado fez o Gama permanecer na liderança do campeonato com 13 pontos, levar o título simbólico de campeão do primeiro turno e de quebra permanecer invicto no campeonato. Ao Ceilandense o ponto conquistado permitiu ao rubro negro permanecer no G4 empatado no número de pontos com Ceilândia e Brasília (11). O Gama somente entrará em campo no próximo sábado às 17:00 no magnífico estádio Bezerrão fazer o jogo de returno contra o vice líder Ceilândia.

TORCIDA ALVIVERDE É MALTRATADA

A cortesia exibida dentro de campo pelo Ceilandense não se refletiu fora das quatro linhas. A torcida do Gama não foi bem tratada enquanto esteve no estádio Abadião.
Primeiro o elevado número de policiais "enquadraram" a torcida do Gama que não pôde sequer encostar no alambrado. Uma enorme barreira de metal foi colocada para separar as torcidas da casa e visitante. Só que com isso os torcedores não puderam utilizar o banheiro que ficava do outro lado da cerca. Para compensar a diretoria do Ceilandense colocou banheiros químicos para os torcedores alviverdes, mas quanta bondade! 2 banheiros (um masculino e outro feminino) para aproximadamente mil pessoas. Sobrou para os muros internos do estádio.

Durante a partida alguns torcedores da Facção do Brasiliense atiraram uma bomba dentro do estádio Abadião em cima da torcida organizada do Gama, IRA Jovem. Os policiais que estavam fora do estádio nada fizeram. Nem impediram que esta mesma torcida apedrejasse os ônibus da organizada que ficaram no estacionamento externo.

Mas o maltrato não parou por aí. Apesar de estar em maior número, o torcedor alviverde teve que ficar preso no estádio por cerca de quinze minutos para que a saída fosse liberada. A desculpa da polícia era para evitar "confronto" com a pequena torcida raça rubronegra do Ceilandense.

RESULTADOS
- Ceilândia 0x1 Brasília
- Botafogo 0x0 Dom Pedro
- Brasiliense 3x0 Luziânia
- Ceilandense 0x0 Gama

Ceilandense quer se recuperar

Autor: Marcelo | | Categoria: | 2 comentários


Ceilandense e Gama se enfrentam hoje à tarde no estádio Abadião em momentos distintos. Enquanto o Gama segura a ponta da tabela, o Ceilandense caiu de produção e vem de uma humilhante derrota de 4x1 sofrida diante do Botafogo-DF. Para quem já foi líder, o resultado foi um vexame.
A intenção do ex-parceiro do Gama é apagar a má impressão do jogo passado e recuparar a liderança. Mas para isto terá que vencer o Gama, único time invicto do campeonato e com o ataque mais positivo.

CEILANDENSE
O campeão da segunda divisão não terá problema algum para o jogo de hoje contra o Gama. Pelo contrário, estará reforçado do atacante Rogério que cumpriu suspensão no jogo passado. O técnico Jão Carlos Cavalo deverá mandar a campo a mesma equipe que foi goleada no jogo passado: Welder; Amaral, Everson, Rizo e Flávio; Ismael , Zé Ricarte, Thiago Ferreira e Esquerdinha; Douglas e Rogério.

GAMA
O técnico Gérson terá apenas um desfalque para o jogo de hoje diante do reubro negro. O meia Kabrine foi expulso e terá de cumprir suspensão. O meia Tallys disputa com Vinícius a vaga. No ataque a dúvida é quem irá fazer dupla com Edicarlos. Keké que vem jogando muito e Thiago Silva que salvou o Gama da derrota no jogo passado disputam a vaga. Ambos tem a preferência do treinador. O zagueiro Pedrão que não atuou diante do Dom Pedro retorna à equipe depois de cumprir suspensão. Os volantes Ferrugem e Betson estão "pendurados" com dois cartões cada. O Gama pode entrar em campo com a seguinte formação: Alencar; Dudu, Pedrão, Thiago Eciene e Kaká; Betson, Iron, Ferrugem e Tallys (Vinícius); Edicarlos e Keké (Thiago Silva).

LOCAL: Estádio Abadião (Ceilândia)
HORÁRIO: 17:00
VALOR DO INGRESSO: R$ 5,00 (R$ 3,00 para os Sócios torcedores do Gama)

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Brasília breca Ceilândia; Fogão e Dom Pedro não saem do zero

Autor: Marcelo | sábado, 6 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 2 comentários

Na rodada de hoje à tarde o Brasília confirmou a boa fase e derrotou o Ceilândia fora de casa. O veterano Gauchinho no primeiro tempo marcou o único gol que definiu a partida. O Colorado subiu para a terceira colocação enquanto o Ceilândia se manteve na vice liderança pelo saldo de gols.
No CAVE, Botafogo e Dom Pedro fizeram um jogo sem emoções e não saíram do 0x0. O Dom Pedro acumula seis jogos sem vitória enquanto o Botafogo caiu uma posição na tabela.
Os resultados mantém o Gama na liderança pelo menos até amanhã quando enfrentará o Ceilandense no Abadião. Empate ou vitória concede a permanência na ponta da tabela.

RESULTADOS

- Ceilândia 0x1 Brasília
- Botafogo 0x0 Dom Pedro

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

TÁ COM MUITO - Botafogo libera entradas para jogo contra Gama

Autor: Marcelo | sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 6 comentários


Diz o ditado popular que quando a esmola é grande o santo desconfia. Enquanto o torcedor alviverde tem sido espoliado nos jogos fora de casa tendo que pagar R$ 10,00 por onde seja enquanto outras torcidas pagam R$ 5,00 e até R$ 1,00, o Botafogo vai na contramão e anunciou que irá distribuir 10.000 ingressos totalmente grátis para o torcedor do Gama.
O motivo oficial dado pelo Botafogo pelo acesso de bondade é que um patrocinador bancou as entradas neste jogo específico. O benefício será estendido para a torcida da casa, é claro. A partida que deveria acontecer no estádio do CAVE foi transferida para o Mané Garrincha. A diretoria do Gama deve distribuir os ingressos no estádio Bezerrão depois do jogo contra o Ceilândia.

MUDANÇA DE HORÁRIO
Todos os jogos do campeonato candango deste final de semana foram remarcados para as 17:00 tendo em vista o horário de verão e a onda de calor que assola o DF. É o caso de Ceilandense e Gama no estádio Abadião neste domingo. O preço do ingresso será de R$ 5,00 para todos e R$ 3,00 para os sócios torcedores do Gama.

NOVIDADES NO SÓCIO TORCEDOR
O Gama fechou contrato com uma nova empresa de marketing chamada Tiro de Meta que ficará encarregada de promover o programa sócio torcedor. Entre as ações planejadas está a criação de uma loja nas dependências do estádio para venda de produtos oficiais do Gama a preço de custo. O local deve ser próximo à sala de entrevistas. Hoje o Gama conta com mais de 800 sócios.
Devido a um problema nos servidores do site Gamagol, as inscrições para o programa sócio torcedor via internet estão sendo feito momentaneamente por e-mail. Basta que o torcedor mande uma mensagem para sociotorcedor@gamagol.com.br que o administrador responderá o e-mail pedindo os dados necessários.

RAIO-X: Ceilandense, o time mutante

Autor: Marcelo | | Categoria: | 2 comentários


Em 1976 um grupo de amigos se reunia todos os finais de semana no campo de futebol da QNL de Taguatinga, onde hoje funciona o Atacadão Extra. Desta empolgação surgiu um time amador chamado L Norte Esporte Clube.
O time amador ganhou tudo que disputou. O senhor Manoel da Silva Santos então teve a idéia de fundar um time profissional daquele amador. Em 08/10/1977 surgiu então a Sociedade Esportiva Ceilandense cujo mascote era uma serpente como se via no seu primeiro escudo.

Mas a vida do Ceilandense nunca foi fácil. Sua vida era recheada de acessos e descensos, porém sem conseguir o título de campeão. Participou da série C do brasileiro em 1995 e 1997. Em 2005 foi vice campeão da segunda divisão mas caiu no ano seguinte.
Os maus resultados dentro de campo refletiram diretamente a vida do Ceilandense que sempre disputava a segunda divisão com jogadores emprestados do parceiro Ceilândia. O clube também ficou com fama de caloteiro ao chegar nos finais de temporada devendo salários aos jogadores. Em 2006 mudou o escudo novamente e o mascote: Arara.
Na segunda divisão desde então, o Ceilandense sempre chegava nas semifinais e morria na praia. Foi assim em 2007 (5º lugar) e 2008 (4º lugar) até que em 2009 surgiu a oportunidade de fazer uma parceria com o Gama que acabara de encerrrar sua participação na série C. Ano passado o clube surpreendeu e foi campeão pela primeira em sua história levantando o caneco da segunda divisão candanga.
Foi então que o time mudou mais uma vez de escudo e de uniforme. Devido a uma parceria entre o Ceilandense e o Atlético-GO, o clube mudou seu nome, seu escudo, seu uniforme e seu mascote passando a se chamar Sociedade Atlético Ceilandense.
Sob a presidência de Marcelo Cruz e Gerência de futebol de Carlos Félix, o Ceilandense teve que reformular todo o seu elenco para 2010, já que o Gama levou todos os jogadores. Mas o clube investiu bem e trouxe bons jogadores do futebol do norte e alguns valores locais. O técnico é João Carlos Cavalo, famoso por levar pequenos clubes ao título no norte. Neste ano o Dragão começou avassalador e foi líder por três rodadas. Porém vem de uma humilhante derrota para o Botafogo por 4x1 e está na terceira colocação. Com a equipe que tem, o Ceilandense de 2010 tem totais condições de se classificar para as semifinais. Já conquistar o título é outra história. Uma vaga na série D já estará de bom tamanho.

MAIS DO CEILANDENSE

NOME: Sociedade Atlético Ceilandense
MASCOTE: Dragão
POSIÇÃO CAMPEONATO PASSADO: 1º (Campeão da Segunda Divisão)
ESTÁDIO: Abadião com capacidade para 5.000 pessoas
DESTAQUES: Meias Maninho e Esquerdinha e o veterano atacante Giovani
TIMA BASE: Welder; Amaral, Everson, Rizo e Rogério; Zé Ricarte, Ismael, Maninho e Esquerdinha; Douglas e Giovani.
TÉCNICO: João Carlos Cavalo

CINE BLOGAMA orgulhosamente apresenta:

Autor: Marcelo | | Categoria: | 4 comentários

São onze jogadores, mas dentro de campo parecem ser

300

Os jogos são duros e os inimigos sempre inventam novas armas para derrotar o Gama. Mas o exército alviverde é conhecido pela sua garra e perseverança.

Liderados pelo general Gérson, a esquadra alviverde é a única equipe invicta no campeonato. Aqui a palavra derrota é proibida!

Ide guerreiros valorosos! O inimigo é astuto mas juntos levaremos a equipe à mais uma vitória. Lutai com garra e doais tudo de si, defendei vossas cores com fé e unidos conquistarão o cobiçado tesouro: A taça de campeão candango de 2010

TOMA! Procom-DF autua Dom Pedro por preço do ingresso

Autor: Marcelo | | Categoria: | 3 comentários

Neste campeonato candango o torcedor do Gama está sendo vítima dos dirigentes de futebol do DF. Primeiro foi o presidente do Gama Paulo Goyaz que aumentou em quase 200% o valor do ingresso a fim de incentivar a torcida a participar do programa Sócio Torcedor. Até aí, tudo, afinal é para o bem do clube. Mas os espertinhos de plantão resolveram tirar proveito da situação e colocaram lá em cima o preço dos ingressos quando o Gama é visitante.
O primeiro abuso ocorreu no CAVE quando uma bilheteria colocou o ingresso a R$ 5,00 para a torcida do Brasília enquanto na outra a mesma entrada a R$ 10,00 para a torcida do Gama. Na primeira partida contra o Ceilândia o ingresso foi vendido a R$ 5,00 para todos.
Agora quem foi ao péssimo estádio da Metropolitana na última quarta feira também teve que pagar R$ 10,00 para poder assistir o jogo entre Dom Pedro e Gama, sendo que em todos os outros confrontos o ingresso era vendido a R$ 5,00.
Diante desta atitude, vários torcedores chamaram o Procom para denunciar o abuso. O órgão de defesa do consumidor então autuou o Dom Pedro não por preço abusivo, mas por não oferecer meia entrada para estudantes, portadores de deficiência física e idosos conforme prevê a lei. O valor da multa não foi divulgado.
Na próxima partida do alviverde, quem for sócio torcedor irá pagar apenas R$ 5,00 pela entrada no estádio Abadião diante do Ceilandense.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Gama, líder e guerreiro

Autor: Remy Soares | quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 5 comentários

Meus caros amigos do Blogama, após longo período de descanso e dedicação a outros temas volto a colaborar com este Blog. Estava de férias e não acompanhei as cinco primeiras rodadas do Campeonato Brasiliense de 2010. Lá das paragens da minha terra, o Maranhão, me mantive ligado com os acontecimentos envolvendo o decacampeão do DF, a Sociedade Esportiva do Gama. Voltei mais do que feliz ao ver o time alviverde na liderança do campeonato local. Ontem, pela primeira vez este ano, assisti uma partida do Gamão do povão, no acanhado Estádio da Metropolitana onde, a despeito das adversidades estruturais, a começar pela precariedade da iluminação, o Gama saiu com um heróico empate, arrancado diante de um adversário que deu trabalho, o D. Pedro. O jogo pecou em qualidade e contou também com a confusa atuação do juiz que esqueceu regras elementares do jogo, ao permitir, por exemplo, que o atleta de nº 14, do D. Pedro desfilasse em campo com uniformes ostentando numeração diferente. Houve, também, ineversões de faltas. O jogo, nos seus 15 minutos finais "pegou fogo", com o Gama demonstrando força total e, por isso mesmo, justificando a sua inconstestável liderança no campeonato, mantendo, desta forma, a invencibilidade no certame. Digo que o jogo "pegou fogo" pois a equipe alviverde estava perdendo, de virada, a partida pelo escore de 3x1. Em jogadas bem arquitetadas e com o apoio da sua torcida, que era maioria no estádio, o Gama empatou e deu números finais ao placar: 3x3. Foi um empate com sabor de vitória. Enquanto os atletas suavam a camisa em campo. Enquanto isso, na tribuna de honra, integrantes das duas diretorias trocavam insultos e, segundo uma emissora de rádio, houve até agressão física ao filho de um dirigente do Gama que, de acordo com os seus opositores, deveria ficar calado e não comemorar a histórica reação do time mais popular e querido do DF, o Gama. Na chegada do estádio percebi um certo desconforto dos torcedores do Gama que lamentavam o elevado preço dos ingressos. Os vendedores ambulantes foram dispersados pelos fiscais do governo que agiram com rigor. Esta foi, em síntese, a história de um espetáculo que poderia ter sido melhor, para o Gama se não houvesse recuado em determinados momentos da partida. Nas arquibancadas encontrei muitos amigos, torcedores fiéis do Gama, a exemplo do Jairo, Vasco, Jane, Edilene, BB, Manoel, Diego, Wendel e os mentores intelectuais deste espaço que nos nutrem de informações de primeira grandeza, Vinícius e Marcelo. Meu abraço especial ao empresário Reginaldo Moura que estava ali prestigiando o Gama e levando o seu patrocínio a uma das emissoras de rádio que fez a cobertura do jogo. Fico por aqui confiante no título e com a minha presença garantida nos demais jogos do Gama na competição. Remy Soares - Asa Norte - DF, 4.2.2010

PLAKAR SPORTS - Promoções!

Autor: Sérgio Vinícius | | Categoria: | 0 comentários




Hoje a Plakar Sports traz para os torcedores do Gama a segunda parte de promoções.

Vamos aproveitar as promoções para renovar o guarda-roupa com camisas do Gama e deixar o Bezerrão mais bonito, muitas pessoas estão utilizando nos jogos do Gama camisetas de times de fora como Flamengo, Vasco, São Paulo, Cruzeiro, etc... Isso só destoa do verde predominante do Bezerrão.

---


Camisa de treino verde limão, modelo 2009 - R$29,90

Calção de jogo verde ou branco, modelo 2009 - R$29,90





Tabela de promoções:

TV BLOGAMA - Gols e melhores momentos da partida

Autor: Marcelo | | Categoria: | 3 comentários

Assista agora aos melhores momentos da partida entre Dom Pedro e Gama no "estádio" da Metropolitana próximo ao Núcleo Bandeirante.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Dom Pedro 3x3 Gama - Time de Guerreiros empata heroicamente

Autor: Marcelo | quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 12 comentários


O Gama enfrentou agora à noite a equipe do Dom Pedro no estádio da Metropolitana. O Gama saiu na frente do placar, tomou a virada e mesmo com dez em campo conseguiu um empate heróico na casa do adversário. Mesmo com um ingresso salgado, a torcida mais uma vez compareceu em massa para apoiar a equipe. Kaká e Thiago Silva duas vezes marcaram os gols do Gama.

QUEM MANDA AQUI SOU EU
O Gama começou a partida com extrema vontade para cima do Dom Pedro. Até parecia que quem era o mandante era o alviverde. E com apenas três minutos de jogo o Gama abriu o placar. Cobrança de falta pela direita de Kabrine, Kaká se posicionou entre a bola e enganou o goleiro Fernando. 1x0 Gama.
O jogo continuou com domínio do Gama embora sem ameaçar muito o gol do adversário. O Dom Pedro assimilou o golpe mas com uma forte marcação e em seu campo, o jogo ficou truncado. Somente no final do primeiro tempo o Dom Pedro chegou. Aos 43 Dudu perdeu a bola no meio de campo e Caco arriscou do meio da rua. Alencar fez grande defesa. O lance empolgou a equipe dos bombeiros e no minuto seguinte conseguiu empatar. Djavan cruzou pela direita, André desgarrou da marcação e Gabriel de cabeça fuzilou para as redes. 1x1. O jogo foi para o intervalo.


VIRA-VIRA
No segundo tempo o Dom Pedro voltou elétrico. Talvez impulsionado pelo técnico Risada, a equipe da metropolitana dominou o Gama em busca do gol da vitória. De tanto tentar o Dom Pedro conseguiu virar. Aos 18 em cobrança de falta pela direita, Alencar saiu mal e espirrou a bola. Na sobra Rodrigo Melo empurrou para as redes. Era o gol da virada do Dom Pedro. 2x1.
Gérson resolveu mexer. Tirou o artilheiro Edicarlos e promoveu a entrada de Thiago Silva. O Gama esboçou uma reação mas o Dom Pedro ampliou. Aos 25 Ferrugem fez falta em Djavan dentro da área. Pênalty marcado pelo árbitro. Na cobrança Djavan bateu no canto esquerdo e venceu Alencar. 3x1.
O zagueiro do Dom Pedro deu uma entrada dura em Keké e foi expulso. Com um homem a mais e com apoio da torcida o Gama se insinuou mais ao ataque. Mas foi por pouco tempo. Kabrine matou um contra ataque do Dom Pedro e também foi expulso deixando ambas as equipes com dez jogadores.


GUERREIROS
A fatura parecia estar liquidada. Bastava ao Dom Pedro segurar a posse de bola e fazer cera para segurar o resultado. O destino parecia estar selado para o Gama: Aquele seria o dia da primeira derrota da Gama no campeonato. Mas o técnico Gérson foi corajoso e fez duas substituições pra lá de ousadas. Tirou os volantes Iron e Betson para a entrada dos meias Geraldo e Vinícius. Ferrugem ficou mais recuado.
A formação parecia suicida. "Perdido por três, perdido por dez" pensava a torcida. Mas o que parecia impossível aconteceu. O Gama acuou o Dom Pedro em seu próprio campo e sufocou o adversário. A torcida pressentiu o bom momento e no grito empurrava os jogadores em uma reação ilógica e quase impossível.
Aos 34 cobrança de escanteio de Vinícius, Thiago Silva se antecipou à zaga e de cabeça desviou para as redes. 3x2.
O Gama se lançou ao ataque na base da raça. e poucos minutos depois conseguiu o empate. Vinícius recebeu ótimo passe e dentro da pequena área tocou para Thiago Silva de canela mandar para o fundo do gol. 3x3 e explosão de alegria nas arquibancadas.
A torcida não se conteve e apoiava a equipe alviverde para o gol da virada. Depois de levar o gol de empate foi o Dom Pedro que correu atrás do prejuízo. Mas Alencar mostrou serviço e evitou a derrota.
O Gama poderia ter conseguido a virada no finalzinho do jogo. Em rápido contra ataque Ferrugem tocou para Keké. O atacante avançou com a bola e tocou na medida para Vinícius. O meia ganhou da zaga, driblou o goleiro e quase sem ângulo chutou. Mas Fernando se recuperou e conseguiu a defesa.
O Gama pressionou mas o tempo acabou. A torcida aplaudiu de pé a equipe aos gritos de "Guerreiros, Guerreiros, Time de Guerreiros!!!".
Com o empate o Gama permanece isolado na liderança do candangão agora com doze pontos e único time invicto. Agora as atenções se voltam para o próximo compromisso do alviverde mais uma vez fora de casa neste domingo contra o Ceilandense.

RESULTADOS
- Luziânia 0x2 Ceilândia
- Dom Pedro 3x3 Gama
- Ceilandense 2x4 Botafogo
- Brasiliense 1x2 Brasília

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Faaala Torcedor!

Autor: Marcelo | terça-feira, 2 de fevereiro de 2010 | Categoria: | 1 comentários

A coluna faaala torcedor é um espaço aberto para a torcida expor suas idéias e não exprime obrigatoriamente a opinião dos administradores deste blog. Para o torcedor que quiser enviar sua reclamação ou opinião, envie seu texto para blogama@bol.com.br com o título "coluna fala torcedor". Obs: É necessário que o autor se identifique.

Deu “Chuchu“ na delegacia

Por Pedro Patrocínio (p.h.ventura@hotmail.com)





No passado craques de bola só se viam envolvidos com bebedeiras, eram mulherengos e sempre apresentavam em seus discursos a famosa língua afiada, aonde saiam perolas que até hoje rendem boas histórias. Bem articulados nas palavras e com a bola nos pés, eles nunca assumiram a carapuça de santo.



Essa regra também serve para o meio Iranildo. Idolatrado no Brasiliense, o “chuchu” se destaca por ter personalidade forte e inegável habilidade com a bola. Perde-se a conta de quantas confusões o camisa 10 já aprontou por aquelas bandas, técnicos demitidos e diretores que o digam.



No ultimo clássico, o ex-craque do Flamengo perdeu as estribeiras. A experiência foi deixada de lado e um simples atraso de reposição de lance fez com que Iranildo partisse para cima do gandula (que para muitos também faz parte do futebol. Feliz é aquele que tem seus gandulas bem “sincronizados”). “Chuchu” foi parar na delegacia acusado por praticar a agressão.



Infelizmente o fato para alguns tomou proporções maiores do que a bela vitória do Gama sobre o time amarelo. Esqueceram da bela atuação do Kabrine, da raça permanente do Ferrugem, e da força e garra demonstrada por Keké durante o jogo. Os meias de comunicação não deram nem 48 horas de vida para o gol 900 de Túlio, tudo por causa da “visita” de Iranildo ao xilindró.



É triste pensar que uma “eterna promessa” vale tanto na folha salarial mesmo não valendo nada no comportamento social. Sinto falta das frases de Vampeta, nas discrepâncias de Romário, sinto falta do craque que dentro de campo respeitava até a torcida adversária. Pobre “chuchu”, deu o ar da graça brotando nas paginas policiais.

Dom Pedro x Gama - Pré-Jogo

Autor: Sérgio Vinícius | | Categoria: | 6 comentários

Gama defende a liderança contra o Dom Pedro no gramado irregular do estádio da Metropolitana.



----


GAMA:
Foto: Sérgio Vinícius (Treino 29/01/10)


Líder Gama realizou seu último treino antes da partida contra o Dom Pedro.

O clima no ninho do Periquito é o melhor possível, o técnico Gérson deu início aos trabalhos com uma descontraída roda de bobinho.

Após o "aquecimento" Gérson insistiu em corrigir o posicionamento dos jogadores da defesa fazendo simulação de jogadas que aconteceram em jogos anteriores do time dos bombeiros. Depois foi a vez de trabalhar o ataque com bolas alçadas na área e chutes de fora da área.

As únicas mudanças no time ficam por conta da entrada do zagueiro André no lugar do suspenso Pedrão e Edicarlos que cumpriu suspensão no clássico retorna na vaga de Thiago Silva, Keké segue como titular.

Segundo Gérson Vieira: "O campo é pequeno e o gramado está em más condições, lá não poderemos utilizar a velocidade como arma então o Keké entra para ser meu homem de área."

O time escalado por Gérson e que provavelmente entrará em campo é:

Alencar
Dudu
André
Thiago Eciene
Kaka
Iron
Betson
Ferrugem
Kabrine
Edicarlos
Keké

Técnico: Gérson Vieira



DOM PEDRO:

Time do Dom Pedro na famosa roda de bobo (02/02/2010)
Foto: Sérgio Vinícius (BloGama.Net)

O time dos bombeiros só pensa em vencer o líder, nas palavras do técnico Risada, o Gama merece a boa fase que está passando, mas que o Dom Pedro vai atrás da vitória. "O Dom Pedro sempre foi um time de chegada, mas esse ano ainda não emplacamos, nossa vantagem é que já experimentamos todos resultados possíveis e ganhar do líder será excepcional". Risada finalizou a entrevista tecendo elogios ao time rival: "O Gama merece meus parabéns, fico feliz de finalmente a diretoria do Gama estar dando oportunidade aos jogadores daqui. Eles são diferenciados e estão obtendo bons resultados."

O Dom Pedro realizou treino tático com destaque para o toque de bola no terreno irregular do estádio da Metropolitana.

As mudanças ficam por conta da entrada do volante Márcio no lugar de Rafael que foi expulso no jogo contra o Brasília e Léo Borges entra na vaga de Caco.

Apesar de relutar ao ser questionado qual seria a equipe titular para a partida desta quarta, Risada cedeu à imprensa o 11 titular do time dos bombeiros:

Fernando
Danilo
Gustavo
Rodrigo Mello
Leandro
Márcio
Gabriel
Urânio
Rodrigo Alves
Léo Borges
Djavan

Técnico: Risada



DE NOVO? VIROU MODA!

Depois de o Gama definir o preço dos ingressos nas partidas no estádio Bezerrão outras equipes estão se aproveitando para mudar o preço dos ingressos nas partidas contra o alviverde.

O primeiro time a fazer isso foi o Brasília, na partida entre Brasília x Gama no estádio do CAVE os torcedores gamenses tiveram uma surpresa, o ingresso para ver a partida estava custando R$10,00. Seguindo a mesma linhagem o presidente do Dom Pedro, Cléver Rafael já informou que os preços dos ingressos na partida de amanhã serão de R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia).

Cléver argumentou: "Cada jogo eu posso mudar o preço dos ingresso, não existe limitação quanto a isso, optei por colocar esses preços na partida contra o Gama".

A diretoria do Gama informou que: "Os preços no Bezerrão são esses para todos os jogos e não contra um ou outro time especial". Muitos torcedores estão desconfiados de que os outros times estão cometendo essas atitudes somente contra o Gama para gerar renda, visto que a torcida alviverde é a mais presente nos estádios do DF.



PARA COMPENSAR

Ainda sobram restícios da parceria formada em 2009 entre Gama e Ceilandense. O presidente do Atlético Ceilandense, Marcelo. Informou que a pedido da diretoria do Gama, na partida do próximo domingo no Abadião entre Ceilandense x GAMA haverá promoção para os sócio-torcedores do periquito. Enquanto a meia-entrada custará R$5,00 os sócios pagarão apenas R$3,00 para adentrar ao estádio.



Pesquisar este blog