terça-feira, 30 de dezembro de 2008

SINAL VERDE: Gama goleia em amistoso

Autor: Marcelo | terça-feira, 30 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

É meus amigos alviverdes, enfim uma boa notícia da Sociedade Esportiva do Gama. Com informações do repórter Vidigal Barbosa, em coletivo realizado esta tarde no CT do periquito o Gama enfrentou um combinado de jogadores do futebol de Brasília. No time nomes conhecidos do público como os laterais Wellington Cássio ex-Brasiliense e Augusto ex-Gama, o volante Agenor que joga pelo Paraná-PR além do atacante Bispo.
Pois o escrete alviverde depois de um começo equilibrado venceu a partida de goleada por 4x0. Os gols foram marcados por Kaike, Eduardo e Juca(2).
Este foi o primeiro teste da equipe alviverde para o campeonato candango de 2009 ainda sem os remanescentes da série B. O técnico Giuliano Pariz como não poderia deixar de ser avaliou positivamente o teste e espera bons resultados adiante.
O Gama foi a campo com a seguinte formação: Robson; Hugo(Ferrugem), Gilvan, Leandro e Mendes(Kaike); Índio, Yomisio, Marco Alagoano e Eduardo; Luciano Dias e Kleyr(Juca).
De acordo com o diretor de futebol Flávio Raupp o último reforço alviverde só será conhecido no dia 5 de janeiro. Segundo o dirigente é um jogador conhecido do futebol nacional. Dimba está descartado.
O jogo-treino que foi anunciado para este domingo no Bezerrão foi transferido para o CT devido às condições do gramado que está sendo preparado para o amistoso diante do Atlético-GO.

Gama realiza amistoso no Ninho do Periquito

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários

Ainda sem poder contar com os jogadores que terminaram a série B, o Gama fará um amistoso contra um combinado local no CT da ponte alta. É o primeiro teste da equipe comandada pelo técnico Giuliano Pariz. O treino será fechado e apenas a imprensa poderá acompanhar.
A torcida terá oportunidade de conhecer a equipe nos amistosos a serem realizados dia 04 e 10 de janeiro no estádio Bezerrão.
O Gama também contratou o preparador de goleiros William Stein ex-Brazlândia para a vaga de Márcio Defendi que foi para o Botafogo-SP. Uma contratação de peso deverá ser anunciada para esta tarde segundo o assessor de imprensa Wellington Vareta do Gama. A imprensa especula que pode ser a contratação do artilheiro Dimba que se desligou do Brasiliense ano passado e está sem clube.

CANDANGÃO 2009 - Luziânia voltou para ficar

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários


O representante goiano no campeonato do DF está de volta. Time que conta com um belo estádio e uma apaixonada torcida, o Luziânia amargou um ano na segunda divisão mas retornou com o vice-capeonato da competição.
O presidente da equipe alviazulina Remi Sorgatto quer alçar vôos mais altos. Para tanto manteve a equipe vencedora do ano passado apenas reforçando os setores mais carentes. O técnico vem de Minas Gerais. Luca Baggio que trabalhou nas divisões de base do Cruzeiro foi contratado para dirigir o elefante.
A equipe vem treinando desde o final da segunda divisão. No elenco nomes conhecidos como o zagueiro Perivaldo ex-Gama, o volante Jocelmo e o atacante Chimba.
O Luziânia estréia logo de cara contra o Brasiliense no estádio Serejão dia 18/01.

ELENCO:
Goleiros: Juninho , Robson , Andre
Laterais: Rogerio, Romarinho , Italo e Josuel
Zagueiros: Perivaldo , Jackson , Rafael e Ricardo
Lolantes:Zé Ricarte , Wellinton, Leo ,Gabriel e Iocelmo
Meia:Veron , Abimael , Rodrigo e Felipe
Atacantes; Chimba, Heraldo, Bocão,Gustavo e Juninho Paranoa.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Coletivo aberto à torcida

Autor: Sérgio Vinícius | segunda-feira, 29 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

O Gama fará um treino coletivo neste domingo (04/01) no estádio Bezerrão que será aberto aos torcedores.
A secretária do Gama, Maria Pilar, convocou a presença da torcida no estádio Bezerrão às 16hras de domingo!

CANDANGÃO 2009 - Brazlândia aposta suas fichas em garotos

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários


O Brazlândia ficou em quinto lugar no campeonato deste ano e conseguiu uma vaga na série C. Para um time recém promovido da segunda divisão local poderia ser considerado um bom resutado. Mas para o presidente do Carcará Moacir Ruthes não foi motivo de comemoração.
Assim o mandatário da equipe da periferia de Brasília resolveu mudar. A começar pelo estádio Chapadinha que sempre foi considerado o pior do DF. Novos investimentos foram feitos como cabines de transmissão para a imprensa e melhorias no gramado.
Dentro das quatro linhas o técnico Silvio de Jesus foi substituído pelo desconhecido Fábio Lima. Mas a grande mudança foi no quadro de atletas.
Os destaques da equipe como o goleiro Abraão, o volante Welton e o atacante Edicarlos foram embora. Ficaram os volantes Anderson e Bigu, o meia-atacante Kiki e o atacante Liuson. O restante são jovens promessas do futebol local.
Mesmo assim o clube mostra otimismo. Segundo os jogadores a condição de franco-atirador é melhor do que a de favorito, e que o time vai brigar para ficar entre os quatro melhores do campeonato. É esperar pra ver...

CANDANGÃO 2009 - Brasiliense favorito de novo

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários


O jacaré foi o último clube de futebol do DF a se reapresentar. Apenas depois do natal (26/12) o grupo que disputou e se manteve na segunda divisão voltou aos trabalhos. Apesar disso o Brasiliense continua favorito ao título candango tendo em vista a manutenção da grande maioria do grupo da série B.
Daquele time que jogou a última partida da série B pouco mudou-se. O treinador continua sendo Reinaldo Gueldini. A maioria dos jogadores se manteve no time e alguns tiveram seus contratos renegociados a exemplo do goleiro Guto.
O Brasiliense vai contar com o retorno do ídolo Wellington Dias que estava jogando no Funorte-MG e também do meia Rodriguinho que disputou o brasileirão e caiu com o Ipatinga-MG.
Novas contratações foram poucas. Apenas o zagueiro Cláudio Luiz ex-Criciúma/SC, o volante Moisés ex-Votoraty, o atacante Samuel ex-Paysandu/PA e o atacante Gustavo que volta de empréstimo do futebol chinês serão os reforços do time de Taguatinga. O zagueiro Rafael que operou o joelho no meio da segundona também está de volta.
Em compensação o zagueiro Júnior Baiano pediu as contas e vai reforçar o Volta Redonda no campeonato carioca. Destino parecido com o do meia Marcinho.
O lateral direito Patrick conseguiu sua liberação e agora vai defender o Itumbiara-GO no goianão. O zagueiro Fábio Braz, os meias Antônio e Geraldo ainda são dúvidas enquanto o atacante Diogo foi dispensado.
O time base do Brasiliense deve ser: Guto; Paulo Ricardo, Ailson, Fábio Braz e Rodriguinho; Bidu, Coquinho, Adrianinho e Iranildo; Jóbson e Gustavo.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Dendel de saída

Autor: Sérgio Vinícius | domingo, 28 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

O atacante prata da casa Dendel não vai fazer parte do grupo que disputará o Campeonato Brasiliense de Futebol.
O Centro-avante revelado pelo Gama foi emprestado para o Mineiros/GO e vai disputar o campeonato goiano. Segundo o próprio jogador, ele quis ser emprestado ao time goiano comandado pelo ex-Gama Vítor Hugo para disputar campeonatos diferentes e experimentar novos ares.
O jogador volta após o campeonato goiano e provavelmente ficará para a disputa da série C.
Boa sorte ao Dendel e que ele alcance grande forma para voltar ao Gama tinindo.

sábado, 27 de dezembro de 2008

CANDANGÃO 2009 - Ceilândia longe do ideal

Autor: Marcelo | sábado, 27 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


O técnico Marquinhos Bahia realizou um amistoso contra um combinado amador de jogadores do Novo Gama-GO. O técnico esperava encontrar a formação ideal para começar o campeonato candango do ano que vem. Mas o resultado não agradou nem um pouco.
Com a ausência do atacante Romualdo fora de condições de jogo o gato apenas empatou sem gols com a equipe local. Isso foi um balde de água fria para o técnico que esperava uma vitória convincente e permitisse fazer experiências com a formação.
Depois do amistoso o técnico clamou por reforços urgentes. O supervisor de futebol Edvan Aires está em busca de atletas qualificados para suprir as carências do time dentro da realidade econômica do clube.
O time que entrou em campo foi: Renan, Daniel, Vavá, Thiago Júnior, Beto e Bobby. Bedson, Rildo e Thiago Ferreira. Cassius e Molina.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Do amador ao profissional

Autor: Marcelo | terça-feira, 23 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários



A torcida pediu e o Gama acertou a contratação definitiva de Cléber Corrêa, o Keké, como o mais novo reforço da equipe alviverde para o candangão 2009. O jogador disputou o último campeonato amador da primeira divisão pela equipe do Setor Sul e marcou nove gols.
Com 22 anos Keké é um rapaz da cidade que trabalhava como motorista. Chamado pelos colegas para jogar o Gamadão 2008 jamais passaria na cabeça do rapaz que estaria sendo observado. Se destacou nos campos de terra e poeira do Gama e foi considerado o melhor jogador do amador.
Suas boas atuações chamaram a atenção da torcida que o indicou para fazer testes na equipe de aspirantes do Gama. Mais uma vez foi destaque marcando o gol da equipe diante da equipe sub-17 do Gama em coletivo.
A consagração veio quando jogou na equipe principal e mais uma vez com uma boa movimentação e mais um gol marcado foi contratado para o profissional.
Agora a meta de Keké é estar entre os titulares que enfrentarão a equipe do Brazlândia dia 18/01/2009 no Bezerrão pelo campeonato candango de 2009.

MARCADO O PRIMEIRO AMISTOSO
A equipe alviverde realizará um amistoso no estádio Bezerrão contra a forte equipe do Atlético Goianiense como forma de preparação para o candangão 2009. A partida está marcada para o dia 10/01 às 16:00 no estádio Bezerrão. Os ingressos custarão R$ 10,00 para a arquibancada coberta, R$ 5,00 para a arquibancada descoberta e R$ 2,00 para as arquibancadas norte, sul e leste.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Keke assina contrato profisional

Autor: Sérgio Vinícius | segunda-feira, 22 de dezembro de 2008 | Categoria: | 1 comentários

Chegou ao Gama no time dos aspirantes nos braços da torcida e logo na primeira oportunidade mostrou ao que veio.
Em seu primeiro jogo, Keke marcou o único gol da partida entre os jogadores do time Aspirante e o time sub-17 que vai participar de um torneio em janeiro.
A partida terminou em: Gama aspirante 1x0 Gama Sub-17, com gol marcado pelo Keke. Logo após esse grande feito ele fez um treino com os profissionais e foi premiado com um contrato profissional.
Valeu Keke, vamos seguir assim.

sábado, 20 de dezembro de 2008

10 ANOS DO TÍTULO: Gama 3x0 Londrina - O sonho foi realizado

Autor: Marcelo | sábado, 20 de dezembro de 2008 | Categoria: | 2 comentários


Dia 20 de dezembro de 1998 o Gama entrava em campo no estádio Mané Garrincha. Pela primeira vez na história de Brasília um time do DF lotava o estádio central da cidade com mais de 44.000 pessoas na condição de subir para a primeira divisão do campeonato brasileiro.
“Foi uma revolução porque o futebol de Brasília não era muito visto nem divulgado. A gente viajava na Série C e as pessoas nem sabiam que Gama era uma cidade. Foi um divisor de águas”, falou o zagueiro Jairo, que teve o privilégio de ser o primeiro a levantar a taça da Série B de 1998, pois era o capitão do time.
Depois de ser eliminado na primeira fase em 1996 e avançar até a penúltima em 1997, o Gama começou a Série B de 1998 desacreditado. Com três derrotas e um empate nas quatro primeiras rodadas, o técnico Orlando Lelé caiu. Com Vagner Benazzi no cargo, o alviverde fugiu da degola até o título. “Toda a cidade do Gama se mobilizou. Chegamos em uma situação de não deixar o time cair para uma reação muito grande. Cada jogo no Bezerrão era um muro que caia”, ressalta o treinador campeão.
A base do Gama de 1998 era doméstica. Dos 23 campeões, 13 foram criados no futebol candango: os laterais Paulo Henrique, Rochinha e Jacó; os zagueiros Jairo, Gerson, Nen e Adriano; os volantes Deda, Humberto e Kabila; o meia Ésio; e os atacantes Romualdo e Robertinho. A estrela foi o meia Rodrigo, artilheiro da campanha, com oito gols, que depois passou por Botafogo, Atlético-MG e Vasco. “Era a vontade dos jogadores de Brasília de mostrar que tinham condições e, ainda mais importante, a amizade do grupo”, lembra o supervisor daquele período, Edvan Aires.
A ascensão fulminante surpreendeu até quem comandava o clube. “Antecipou em cinco anos o projeto de subir para a Série A”, confessa Wagner Marques, com a desculpa na ponta da língua para o fiasco posterior, com três quedas (2002, 2003 e 2008). “Procuraram nos tirar da Série A de todas as formas. Isso nos descapitalizou. Ficamos trabalhando sem recursos”, reclama o cartola, em referência à guerra judicial travada contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Clube dos 13 para impedir na Justiça comum o rebaixamento ilegal da elite de 1999.
Um sonho construído por pessoas que acreditavam no potencial do time. Mesmo sendo o representante de uma pequena cidade satélite nos arredores de Brasília o otimismo era grande. A equipe que chegou a brigar para não cair na primeira fase conseguiu eliminar o favorito clube do Remo na fase de playoffs e chegou ao quadrangular final com justiça.
O técnico Vágner Benazzi colocou o time nos trilhos. A equipe já tinha uma defesa sólida, entrosada. Paulo Henrique, Gérson, Jairo, Rochinha e Deda nem precisavam falar para se comunicar. Um olhar dizia tudo.
Na última fase o Gama enfrentaria, Botafogo-SP, Desportiva-ES e Londrina-PR. Os jogos valiam muito, afinal era a passagem de ida para a elite do futebol. O Gama começou o quadrangular jogando no estádio do Café em Londrina e conseguiu um bom empate por 0x0 com o time da casa.
Em casa era a hora de se recuperar. Mas no Bezerrão o Gama apenas empatou em 2x2 com a Desportiva. A recuperação veio em cima do Botafogo-SP quando o verdão conseguiu uma excelente vitória por 2x1 fora de casa no estádio Santa Cruz.
No jogo de volta o Botafogo conseguiu um empate no Bezerrão por 1x1 e equilibrou a disputa. Na penúltima rodada o Gama devolveu o empate com a Desportiva no estádio Engenheiro Araripe por 2x2.
A última rodada colocava todos os times em condição de subir. A responsabilidade era imensa para todos. O Gama jogava em casa e uma vitória colocava o time na primeira divisão. Mas o adversário era qualificado. A torcida londrinense compareceu e encheu a arquibancada reservada aos visitantes. O restante era todo verde e branco. Milhares de pessoas vieram de todas as partes de Brasília para ver o pequeno Gama jogar. E o jogo começou com o Gama partindo pra cima do adversário.
A torcida empurrava a equipe alviverde e os jogadores deram seu máximo. O meia Rodrigo foi mais uma vez o maestro da partida com boas jogadas e distribuindo o jogo para os "Neis" Bala e Júnior.
O zagueiro do Londrina fez falta em Rochinha. Rodrigo foi para a cobrança. Estranhamente Rodrigo deu as costas para a linha de fundo e cruzou de pé esquerdo para a segunda trave. Renato Martins escorou de cabeça e marcou o primeiro gol do Gama.
Êxtase nas arquibancadas. O Gama estava subindo para a primeira divisão! Não demorou muito o Gama fez o segundo com o menino prodígio William.
Enquanto isso o Botafogo goleava sem piedade a Desportiva. Isso dava o título ao Gama. No segundo tempo o velocista Nei Bala aproveitando lançamento avançou e decretou a vitória da Sociedade Esportiva do Gama pela primeira vez em sua história na elite do futebol.
Quando o jogo acabou a torcida ainda estava fazendo a "olla". Todos os jogadores se abraçaram. Jogavam suas camisas para a torcida num gesto de gratidão. O atacante Moisés ficou apenas de sunga.

Assim o time entrou para a história do futebol nacional e marcou o reconhecimento do Gama como um time popular e respeitado. Nossas homenagens a todos os jogadores e treinadores que fizeram parte desta história maravilhosa. Que sirva de alento e esperança de um 2009 melhor que signifique o renascimento do time mais querido do Distrito Federal. A todos eles a nossa eterna gratidão.

PRESIDENTE
Agrício Braga Filho

TÉCNICO
Vágner Benazzi

PREPARADOR FÍSICO
Jean Cláudio

GERENTE DE FUTEBOL
Edvan Aires

GOLEIROS
Marcelo Cruz e Roger

ZAGUEIROS
Gérson, Jairo, Adriano e Nem

LATERAIS
Paulo Henrique, Rochinha e Jacó

VOLANTES
Deda, Kabila, Humberto e Doriva

MEIAS
Ésio, Zédivan, William e Rodrigo

ATACANTES
Nei Bala, Nei Júnior, Moisés, Romualdo, Renato Martins e Robertinho

10 ANOS DO TÍTULO: Londrina chora até hoje a derrota

Autor: Marcelo | | Categoria: | 1 comentários

(fonte: Jornal de Londrina)
Para quem torce pelo Londrina, 1998 também foi um ano que não terminou. No primeiro semestre, a vergonha de um inédito rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Paranaense. No segundo, a euforia, seguida de decepção, indignação e revolta pela forma como o clube deixou escapar a oportunidade ímpar de chegar ao primeiro escalão do futebol brasileiro.

O vexame da queda à segundona estadual foi reparado no ano seguinte, quando o time conquistou um título legítimo, embora nada nobre, e retornou à primeira divisão. Mas a perda da vaga na Série A do Brasileirão nunca foi superada. Deixou marcas e questionamentos. Uma imensa ferida que, exatos 10 anos depois, ainda não cicatrizou.

Difícil imaginar o que aconteceria se na tarde de 20 de dezembro de 1998 o Tubarão tivesse sido realmente destemido em Brasília, como prega o hino, e vencesse o Gama no Mané Garrincha lotado. Suportaria o peso de uma conquista histórica? A cidade finalmente acolheria o filho enjeitado?

O certo é que em uma década o clube só tem feito sofrer. Ferido no orgulho, sorri amarelo com um título regional e um lugarzinho na recém-criada Série D. É pouco. É muito pouco.

O JL voltou dez anos no tempo e foi à caça de personagens que direta ou indiretamente estiveram em cena naquela amarga e duradoura derrota por 3 a 0 na capital federal. Afinal, houve mesmo um esquema, como a torcida suspeitou na época? O time amarelou? De quem é a culpa?

“Isso não existe, é coisa de torcedor, de cara atrasado”, rebate o técnico Varlei de Carvalho. De Bauru, onde mora e aguarda uma oferta de emprego, ele rechaça qualquer suspeita que possa existir a respeito da conduta dele, da diretoria e de seus jogadores na ocasião.

“Nós perdemos no terreno do jogo, meu irmão. Perdemos lá dentro. Você acha que a gente não queria subir o time? Foi uma frustração muito grande. Fui campeão estadual com o Londrina [em 1992]. Imagina ser campeão de novo e colocar o time na elite do Brasileiro. Para mim seria um marco extraordinário”, afirma.

Homem-forte do futebol do Tubarão na época, o ex-vereador Célio Guergoletto também refuta as insinuações. Ele até revela que havia sim um acordo com a diretoria do Gama, mas com um outro viés. O trato foi feito assim que saiu a tabela do quadrangular final. Leia mais nas páginas 15 e 16.

LEC subiria com vitória simples

O Londrina chegou à última rodada da Série B de 1998 precisando de uma vitória simples sobre o Gama em Brasília para conquistar uma das duas vagas de acesso à Série A de 1999. O time de Varlei de Carvalho era o lanterna do quadrangular, com 5 pontos. O Gama liderava, com 7, e jogava apenas pelo empate para se classificar. Botafogo-SP e Desportiva-ES tinham 6 pontos cada e se enfrentariam em Ribeirão Preto também brigando pelo acesso. Com a vitória por 3 a 0 sobre o LEC, o time candango subiu e foi o campeão. A outra vaga ficou com o Botafogo, que acabou goleando a equipe capixaba por 5 a 1. O jornalista Roberto Naves, do Correio Braziliense, diz que o título e o acesso do Gama causaram ‘comoção’ no Distrito federal, que voltaria a ter um time na elite 13 anos depois.

Varlei se ressente de nunca mais ter voltado

O técnico Varlei de Carvalho nunca mais trabalhou no Londrina desde a derrota por 3 a 0 para o Gama, há dez anos, na última rodada do quadrangular final da Série B. Vontade ele tem, conforme revela ao JL. Mas não houve convites. “A gente fica até triste pelas campanhas que fez aí”, desabafa.

Ele não crê que a perda da vaga na Série A há dez anos possa tê-lo marcado negativamente no clube. “Eu não acredito que foi por causa disso”, responde.

Aos 63 anos, Varlei já é avô e admite que tem pensado em se aposentar “para dar lugar ao pessoal que está vindo aí”, mas também garante que por enquanto ainda tem lenha para queimar.

“Quando você fica experiente, alguns acham que você está velho. Não entendo isso. Deixa eu queimar mais um pouquinho, pô. Estou em forma. Lógico que eu queria trabalhar mais um pouquinho, se fosse no Londrina, nossa, pelo amor de Deus”, revela.

A respeito das suspeitas que perduram desde aquela derrota para o Gama, o treinador é enfático: ninguém entregou o ouro coisa nenhuma. “Não houve nada. Perdemos porque não teve jeito de ganhar o jogo. Como é que vamos entregar de mão beijada pros caras? Para eles fazerem a festa, ganharem os prêmios deles e a gente não ganhar nenhum tostão? Ninguém ganhou nada”, rebate.

O treinador cita as mudanças que foi obrigado a fazer na equipe por suspensão (caso do volante China) e contusão (o ala Arnaldo, previamente escalado, nem viajou a Brasília) e um gol sofrido logo aos 7 minutos de jogo como determinantes para a derrota histórica.

“Nosso banco era reduzido, o elenco era reduzido. Eu perdia duas, três peças e já faziam falta para mim”, alega. “Lá em Brasília usamos a estratégia de agüentar pelo menos 20, 25 minutos para depois conseguir um gol no contragolpe. Nós tínhamos um jogador muito importante lá na frente, que era o Mauro, jogador rápido pra caramba. O Alaor também fazia gol. Nós tínhamos um time bom, mas infelizmente tomamos um gol cedo”, recorda.

“Levamos o 1 a 0, só a vitória interessava, e fomos para cima do Gama. E aí nós tomamos mais dois gols, acabamos perdendo o jogo e não subimos. Foi uma frustração muito grande”, acrescenta o treinador.

Em Brasília escalação questionada

Varlei de Carvalho foi questionado por parte da imprensa por apostar numa formação contra o Gama que não havia treinado junta. Ele colocou o zagueiro Carlos Alberto na ala esquerda e pôs o reserva Marcelo na defesa, ao lado de Valder e Ivanildo. O próprio treinador admite que Marcelo falhou ao fazer a falta que originou o primeiro gol do adversário no jogo.

“O Carlos Alberto foi lateral-esquerdo no Noroeste-SP e no Palmeiras. Eu queria fazer uma defesa muito forte, muito sólida. Pus o Marcelo no lugar do Carlos Alberto, mas ele não foi muito bem”, diz o treinador. Ele não se arrepende do que fez. “Não me arrependo, era o que eu tinha.”

‘Não tinha vivência para gerir um time na Série B’

O ex-vereador Célio Guergoletto gozava de prestígio político em 1998. Presidia a Câmara Municipal e fazia oposição ao então prefeito Antonio Belinati. Acredita que até por esse fator tenha sido conduzido ao cargo de coordenador-geral do Londrina na Série B do Brasileiro. Era o manda-chuva do futebol.

“Talvez o Belinati me indicou para se aproximar mais de mim”, especula. Nunca havia sido dirigente antes. A inexperiência, diz hoje Guergoletto, o levou a cometer vários equívocos durante a campanha do Tubarão.

“Tem muita coisa que eu fiz na época e eu não faria hoje, pela falta de experiência minha. Eu não era um cara com essa vivência para administrar e dirigir um time na Série B de um Brasileiro”, reconhece.

Alguns erros, a saber: “Talvez hoje eu não teria contratado alguns jogadores que eu contratei, às vezes por conversa até do próprio Varlei de Carvalho. Eu, particularmente, dava muita carta branca”, admite.

O discurso soa como uma tentativa de tirar o corpo em relação à suspeita de que o Londrina teria negociado sua vaga à Série A com os adversários. Mas Guergoletto jura que não houve nenhum esquema.

“Eu era vereador, presidente da Câmara, político que estava no auge na época, porque bem ou mal onde eu ia falava-se no Londrina. A coisa que eu mais queria era chegar aqui e subir no caminhão do Corpo de Bombeiro. Possivelmente viraria até prefeito da cidade. Como é que eu vou vender uma vaga?”, argumenta.

Em seguida, volta a deixar uma grande interrogação no ar. “A não ser que o treinador e os jogadores se venderam sem a gente saber de nada. Não creio se isso é possível no futebol. Os jogadores também querem subir”, afirma o ex-vereador.

Muito se falou, na época, de uma suposta festa promovida pela diretoria do Gama para dirigentes do Londrina, na véspera do jogo, em Brasília. Guergoletto esclarece. “Não houve festinha nenhuma. Houve um jantar que o presidente nos ofereceu, porque quando vieram jogar aqui nós pagamos um jantar para eles também. Isso é muito comum, quando íamos jogar em Belém a diretoria do Remo levava a gente para comer coisas típicas da região. Havia uma certa amizade entre dirigentes da Série B. Mas nada de festa”, rebate.

O ex-coordenador do clube aproveita para fazer um desabafo. “O Londrina custou caro para mim. Uma reeleição, que não veio. Eu só viajava, deixei de atender o eleitorado. Perdi um apartamento em Camboriú, vendi para pagar dívida do Londrina”, enumera, para concluir. “Por isso que quem passa ali não quer voltar. A cidade condena muito, mas o pessoal não sabe o que a gente passa ali.”

LEC e Gama combinaram ajuda mútua

Se houve um esquema para o Londrina ‘vender’ a disputa da vaga à Série A em 1998, só muita apuração e um punhado de provas para saber. Mas o próprio coordenador-geral do time na época revela um outro acordo feito com o Gama no quadrangular final. O trato surgiu assim que a tabela foi divulgada, colocando os dois times frente a frente na primeira rodada, em Londrina, e na última, no Distrito Federal.

“Eu e o Antonio Amaral, que foi um cara que trabalhava lado a lado comigo, fizemos muita amizade com o presidente do Gama, Wagner Antonio Marques. Ele veio aqui em Londrina, nos reunimos no Hotel Bourbon, e fizemos o seguinte trato: se precisasse fazer um acerto, do tipo se empatar sobem os dois ou se o Londrina precisar da vitória e o Gama já estiver classificado, faríamos”, conta Célio Guergoletto. “Foi o único trato que aconteceu.”

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

CANDANGÃO 2009 - Mudanças no Dom Pedro II

Autor: Marcelo | sexta-feira, 19 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


O clube dos bombeiros de Brasília surpreendeu a muitos ao conseguir o vice-campeonato estadual neste ano de 2008. A boa campanha rendeu ao clube a participação na copa do Brasil em 2009 e credenciou a equipe a participar da série C.
Na terceirona o Dom Pedro II fez uma boa campanha porém foi eliminado na segunda fase por causa do saldo de gols. Graças a este critério o Mixto-MT disputará a série C de 2009 e o Dom Pedro II não.
Para o candangão do ano que vem e para a copa do Brasil a diretoria resolveu inovar. Fez uma parceria com o Clube Atlético Bandeirante, trouxe outro técnico e até o tradicional escudo lembrando o corpo de bombeiros foi alterado.
O técnico é o desconhecido Fernando Tonet que treinou São José-RS, União Juventus-SP e foi auxiliar técnico no Paraná Clube.
Os meias Maninho e Mazinho e o zagueiro Rodrigo Melo permaneceram e terão companhia do goleiro Fernando ex-Gama, do zagueiro Léo, dos atacantes Juninho e Índio além do volante "highlander" Kabila. Estes atletas serão mesclados com novos jogadores do Bandeirante.
O Dom Pedro II enfrentará o Botafogo-RJ na copa do Brasil dia 18/02 provavelmente no estádio Bezerrão. No campeonato local enfrentará o recém promovido Brasília no estádio da Metropolitana.

Mais novidades: Gama terá time B

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários

Neste ano de 2008 o Gama contratou (e dispensou) mais de cem jogadores a fim de reforçar o seu elenco. Mas o objetivo que era de conseguir a vaga na copa do Brasil e manter-se na série B não foi atingido. Pior, acostumado a conquistar o candango o alviverde ficou uma rodada na zona de rebaixamento no campeonato local (fato inédito), não se classificou e caiu para a terceira divisão do campeonato brasileiro.
Ainda teve que conviver com empresários mandando no futebol do Gama, como o caso do volante David Henrique que "alugou" o clube para manter o atleta já negociado em atividade.
O que dizer então do defenestrado empresário Jair Rabelo? Com as bênçãos de Wagner Marques voltou ao clube, afastou o técnico Roberto Cavalo que estava dando um padrão de jogo ao time e colocou para jogar somente jogadores de seu interesse.
Para solucionar este problema a nova diretoria inovou e criou um time de aspirantes. Este time será formado por jogadores de empresários, jogadores indicados, amadores e juniores que demonstrarem potencial para jogar no time titular.
E o primeiro coletivo ocorre hoje pela manhã no CT do periquito. Jogadores que se destacaram no Gamadão que é o campeonato amador de alto nível da cidade estarão fazendo testes para esta equipe.
É o caso do meia Keké que se destacou no Setor Sul. Unanimidade entre a comunidade como o melhor jogador do amador deste ano, ele foi indicado ao time de aspirantes. Flávio Raupp disse que estes jogadores precisam ser lapidados pois a preparação física é diferente do profissional. Vários amistosos serão disputados visando avaliar as condições físicas e técnicas destes jogadores.

JUNIORES
Fora do principal evento de juniores do Brasil que é a taça São Paulo em janeiro, a equipe sub-17 vai disputar o torneio Santiago que será realizado do dia 5 a 24 de janeiro em Santiago-RS e reunirá diversas equipes nacionais (Grêmio, Internacional, Cruzeiro) e internacionais (Toluca-MEX, Peñarol-URU, Guarany-PAR). Elivelton que participou dos últimos jogos da série B está incorporado à equipe.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Gama Fashion Week 2009

Autor: Marcelo | quarta-feira, 17 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


Fotos: Rener Lopes


O torcedor alviverde pôde pela primeira vez acompanhar o lançamento do uniforme oficial do Gama. No estádio Bezerrão debaixo de muita chuva foi apresentado o novo fardamento do time de futebol mais popular do DF.

E as impressões foram boas. O uniforme número 1 tem o verde tradicional com detalhes brancos no ombro e são invertidos no número 2. A numeração vem na cor cinza com detalhes prateados. A camisa de treino vem na cor verde-limão e segundo o presidente poderá ser o terceiro uniforme do time.

Os juniores não foram esquecidos e tem direito a uniforme exclusivo.

A seguir a equipe fez o reconhecimento do campo. Foi a primeira vez que a equipe alviverde pisou no estádio Bezerrão, já que o local havia sido utilizado pela seleção brasileira e pelas equipes do Goiás e São Paulo.


REFORÇO NO ATAQUE
O alviverde anunciou a contratação do atacante Índio que vem do Mesquita-RJ. O presidente também anunciou que entrará com a ação indenizatória contra ojogador Adriano Magrão amanhã.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Gama apresenta elenco repleto de desconhecidos

Autor: Marcelo | segunda-feira, 15 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

Conforme o Blogama adiantou o Gama apresentou hoje suas caras novas que defenderão as cores alviverdes no campeonato candango de 2009. Do futebol capixaba chegou a maior parte dos reforços que terá muito trabalho para convencer a apaixonada torcida do Gama.
O grupo começa os trabalhos a partir de amanhã. Destaque para as ausências de Adriano Magrão e Bebeto. Um lateral e um meio campista podem ser contratados até o fim da semana.
Com exclusividade do repórter Rener Lopes aí está o elenco do Gama para 2009:

Goleiros:
- André Zandoná - Gama/DF
- Robson Nunes - Rio Branco/ES

Zagueiros:
- Gilvan - Bacabal/MA
- João Vitor - Gama/DF
- Diogo - Desportiva/ES
- Pedro Luiz - GE Laranjeiras/ES
- Leandro - Barueri/SP

Laterais:
- Lucas Silva - Gama/DF
- Hugo - Rio Branco/ES
- Kaike - CFZ/RJ
- Mendes - Tupi/MG
- Elivelto - Gama/DF

Volantes:
- Alex Sassá - Bonsucesso/RJ
- Yomísio - Rio Branco/ES
- Adriano - Linhares/ES
- Marco Antônio - GE Laranjeiras/ES
- Talles - Gama/DF

Meio-Campistas:
- Eduardo - Vilavelhense/ES
- Thiaguinho - Gama/DF
- Ferrugem - São Mateus/ES
- Emílio - Serra/ES
- Marco Alagoano - Águia Negra/MS

Atacantes:
- Maia - Gama/DF
- Dendel - Gama/DF
- Juca - Bahia/BA
- Kleyr - sem clube definido
- Mineiro - Coruripe/AL
- Adriano Magrão - Gama/DF

PROCURA-SE MAGRÃO
O matador Adriano Magrão não compareceu na reapresentação dos jogadores e o presidente Paulo Goyaz promete sanções judiciais para fazer o jogador cumprir o contrato. Bebeto não foi relacionado para trabalhar com o grupo e pode ser emprestado.
Quarta-feira o Gama apresenta o novo uniforme confeccionado pela Super Bolla no estádio Bezerrão às 16:00.

domingo, 14 de dezembro de 2008

Novo técnico é só confiança para 2009

Autor: Marcelo | domingo, 14 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários



Giuliano Pariz foi apresentado oficialmente para a imprensa no evento ocorrido na sexta feira. O ex-jogador alviverde Gérson será seu auxiliar técnico enquanto Márcio Defendi será o preparador de goleiros. Bruno será preparador físico e Flávio Raupp à frente da supervisão de futebol.
O novo treinador alviverde esbanja confiança ao falar do seu futuro frente ao clube candango. Segundo ele, quando passou pelo clube como atleta não teve muitas oportunidades de mostrar seu futebol. Mas agora como técnico pretende dar oportunidades a todos os jogadores e exibir um futebol vibrante e ofensivo.
Quando questionado à respeito de sua expectativa o treinador foi enfático:
"É muito grande, eu quero mostrar ao Gama de uma outra forma, o que eu não mostrei quando jogador, na época eu não consegui jogar aqui no Gama, eu tive alguns problemas que não me deixaram atuar, joguei uma partida e fiquei outras no banco e não fui bem aproveitado. Agora como treinador quero fazer de tudo para dar alegria aos torcedores do Gama, conquistar títulos, mostrar o meu trabalho aqui diante da torcida do Gama. Em relação a equipe que está sendo formada, vocês podem ter uma certeza, que é uma equipe forte, competitiva, uma equipe que tem a cara do treinador, que quando jogava era um cabeça de área técnico, equipe que joga com o meio de campo como tem de jogar, com os volantes sempre com uma marcação forte, tem de saber jogar e armar, uma equipe muito técnica que joga sempre para a frente, sempre direcionada ao gol."
O treinador ainda especulou sobre o que pretende fazer no candangão em 2009:
"Nosso primeiro objetivo é a nossa primeira partida no Candangão, começar bem a competição, vencendo e isso será importantissimo e com muito trabalho conquistar o título, e depois subir o Gama para a Série B do Campeonato Brasileiro."

sábado, 13 de dezembro de 2008

Gama apresenta projeto à imprensa

Autor: Marcelo | sábado, 13 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

Em café da manhã patrocinado pelo clube o presidente da Sociedade Esportiva do Gama Dr. Paulo Goyaz apresentou à imprensa o seu projeto à frente do time. Com muitas idéias novas ainda foram apresentados o novo técnico Giuliano Pariz juntamente com Gérson seu auxiliar técnico.
O repórter Rener Lopes esteve no evento e conta como será daqui para frente:

- Na parte administrativa
» Patrocinadores: Antares, BRB e um terceiro a definir

- Sócios:
» Comum: entrada franca nos jogos, com contribuição mensal de R$ 10 ao mês
» Sócio-Torcedor: será adotado o mesmo modelo do Inter/RS, claro que ajustado ao momento financeiro do DF
» Fundo de Capitalização: os torcedores poderão participar de um fundo de capitalização, que retornará 50% do valor, concorrendo a prêmios que podem chegar a R$ 33.000 ao mês. (Uma espécie de tele-sena)
» Seguro: os torcedores poderão comprar um seguro, no valor de R$ 10/mês, que paga, no caso de desemprego, as contas de: água, luz, telefone, gás e uma cesta básica durante 6 meses.

- Ingressos:
» Cartão de identidade: serão retiradas fichas, o torcedor será cadastrado e, assim, poderá comprar via internet seu ingresso, já sabendo onde sentará, evitando, assim, a duplicação de ingressos.
» Meia-Entrada: somente menores de 18 e maiores de 65 terão direito a meia-entrada, bem como servidores públicos do GDF devidamente identificados.
» Gratuitos: alunos da rede pública, sendo disponibilizados 1000 ingressos, sendo 1 para aluno e mais 1 para responsável.
» Deficientes: 200 ingressos gratuitos para deficientes, que serão entregues na associação de cadeirantes.

- Torcidas Organizadas:
» Os membros de torcidas serão obrigados a assinar um TAC (Termo de Ajuste de Conduta). De um lado, a SEG fornece ingressos para as TOs. Do outro, as TOs devem entregar relatórios com os dados pessoais de todos os membros, fazendo com que eles façam o Cartão de Identidade citado acima e que não realizem violência no estádio. No caso de não cumprimento do TAC, a TO será responsabilizada judicialmente, ficando afastados dos estádios de 6 a 12 meses, e devendo comparecer 2h antes do jogo à 21ª DP e só saindo 2h depois do jogo.

- Escolha do técnico Giuliano Pariz:
» estavam 6 nomes à disposição, mas escolheram o GP, pois o mesmo durante 2 anos, chegou à 3 finais, conseguindo 40% de vitórias fora de casa.

- Categorias de base:
» Além das já existentes, serão implantadas mais 10 escolas, no entorno do DF, seguindo o exemplo do São Paulo, trazendo os melhores para disputarem campeonatos Sub17.
» Investimentos: R$ 1,6 mi
» O aluno terá que estar com desempenho regular no ensino fundamental.

- Basquete:
» Será coligado o time do Universo, passando a se chamar Universo/Gama e sediando os jogos no Complexo do Bezerrão

- Objetivos:
» Vencer o Candangão 2009
» Vencer a Série C 2009 ou chegar entre os 4 primeiros
» Vencer o Candangão 2010
» Vencer a Série B 2010 e voltar à elite

- Times:
» Contratação passará a ser exclusiva da presidência
» Não existirão 2 times, um para o candangão e outro para o nacional, manterá o time se houver o chamado "entrosamento"

- Primeira partida (GAM x BRZ - 18/01 16:00 Bezerrão)
» Apoio maciço da torcida, lotando o Bezerrão

- Apresentação dos jogadores
» Segunda, 15:00, CT Ninho do Periquito (restrito à imprensa)

REFORÇOS
Segundo o presidente 27 jogadores já foram contratados para a equipe e serão apresentados na segunda-feira, porém seus nomes não foram revelados para não comprometerem o negócio. Adriano Magrão foi notificado e caso não se apresente será impedido de jogar por dois anos.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

CANDANGÃO 2009 - Legião vem forte para o campeonato

Autor: Marcelo | quarta-feira, 10 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


O clube-empresa Legião F.C. quer fazer bonito no próximo campeonato candango. Para começar foi o primeiro clube a se reapresentar, montar o grupo e trabalhar fisicamente. O técnico José Lopes Risada que fez uma brilhante campanha no candangão deste ano e série C com o Dom Pedro II agora está a frente do leão branco.
O grupo que tem uma base montada há dois anos se reapresentou em 1º de novembro e de lá pra cá fez dois amistosos. O primeiro foi contra o Brazsat vencido pelo leão por 1x0.
No sábado a equipe fez mais um amistoso agora contra uma equipe de amadores reorçada por ex-profissionais. O resultado foi uma goleada acachapante por 8x1.
O time base foi formado por: Daniel; Ícaro, Luan, Riso e Baiano; Régis, Diego, Fredson e Fabinho; Lucas e Nildo.
O presidente do clube Ítalo Nardelli defendeu o boicote dos times contra o candangão 2009. Ele defende que se o GDF pode injetar 7,5 milhões de reais no carnaval que dura quatro dias, pode muito bem investir numa competição que dura três meses. Além disso a crise mundial afastou boa parte dos empresários dos clubes de futebol.
O Legião estréia no candangão fora de casa contra o Ceilândia no Abadião dia 18/01 às 16:00.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

CANDANGÃO 2009 - Brasília trabalha para o campeonato

Autor: Marcelo | terça-feira, 9 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


O Brasília está de volta à primeira divisão do campeonato local do DF. Após penar nas divisões inferiores por longos anos, o segundo maior vencedor da competição (atrás apenas do Gama com 8 títulos) chega com a missão de fazer um bom papel e evitar um novo rebaixamento.
E para não fazer feio o clube apostou na continuidade do trabalho. O técnico Marquinhos Carioca que subiu com o time da segunda divisão foi mantido assim como a base que disputou a competição. Os volantes Pio, Didão e Iron, o lateral esquerdo Cacá e os atacantes Geovani, Chefe e Edicarlos continuam na equipe. Em compensação perdeu o meia Maninho para o Dom Pedro II.
O clube ainda busca um goleiro para defender sua meta. Diferentemente deste ano o Brasília vai mandar seus jogos no estádio do CAVE no Guará ao invés do Mané Garrincha.
O Brasília estréia fora de casa diante do Dom Pedro II na Metropolitana dia 18/01 às 16:00.

CANDANGÃO 2009 - Clubes querem mais $$$$

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários


O alto nível do futebol candango custa caro. É com esse apelo que os clubes de futebol irão ao governador José Roberto Arruda pedir mais incentivo para o campeonato local em 2009.
Com exceção de Brasiliense e Gama os demais clubes de futebol da primeira divisão do DF acham que fazem por merecer tal ajuda já que o governo vai liberar R$ 750.000,00 para as escolas de samba fazerem o carnaval no DF.
E o governo local abriu mão de uma receita de aproximadamente R$ 500.000,00 para sediar a partida entre Goiás e São Paulo. Em contrapartida o Goiás estampou na sua camisa a logomarca do BRB - Banco Regional de Brasília.
Tal ajuda já foi concedida em outros anos quando o Governo do DF ajudou financeiramente os clubes porém não foi sentida uma melhora no futebol local. Em outra experiência foi reduzido o preço dos ingressos e oferecida uma premiação aos torcedores que trouxessem notas fiscais de produtos comprados nas lojas. A promoção não teve continuidade.
Resta saber se o governador José Roberto Arruda se sensibilizará com o pedido já que as equipes prometem até fazer greve caso não haja entendimento.

DOM PEDRO II
O Dom Pedro II e agora Bandeirante/Dom Pedro II apresentou o técnico Fernando Tonet para a disputa do estadual e copa do Brasil. Tonet foi auxiliar técnico no Paraná Clube em 2007 e neste ano comandou o Independente de Limeira-SP que foi rebaixada na série A-3 do campeonato paulista. O meia Maninho que participou do vice-campeonato deste ano pelo clube está de volta à equipe.

BRAZLÂNDIA
A Sociedade Esportiva Brazlândia também anunciou seu técnico. Agora o desconhecido Fábio Lima terá a missão de conduzir o time da periferia no campeonato candango. A equipe mudará radicalmente daquela do ano passado que escapou do rebaixamento. Agora a base do time será formada por jovens talentos reforçada de alguns veteranos.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

CANDANGÃO 2009 - Ceilândia contrata Romualdo

Autor: Marcelo | segunda-feira, 8 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


O Ceilândia começou seus trabalhos na manhã do dia 8 deste mês sob o comando do novo técnico Marquinhos Bahia. O novo gerente de futebol Edvan Aires contratou diversos nomes principalmente do futebol de Minas Gerais como o zagueiro Vágner ex Atlético-MG. Entre os atletas que participaram da campanha passada estão o atacante Cassius e o lateral esquerdo Bobby.
E hoje foi anunciada a mais nova contratação do gato. O repórter Sérgio Porto apurou que o atacante Romualdo ex-Gama, São Caetano, Figueirense e outros tantos clubes agora vestirá as cores alvinegras do Ceilândia.
Apesar de muitos se apresentarem Edvan disse que o grupo ainda não está fechado e novas contratações podem surgir. Os trabalhos serão realizados no CT do Jaguar e quatro amistosos estão sendo planejados para a equipe. O CeilÂndia enfrentará o Legião no dia 18/01/2009 às 16:00 no estádio Abadião.

Goiás 0x1 São Paulo - Hexacampeão no bezerrão

Autor: Marcelo | | Categoria: | 2 comentários


O aguardado jogo entre as equipes de Goiás e São Paulo ocorreu na cidade do Gama ontem. Precisando de apenas um empate para garantir o caneco a equipe paulista conseguiu a vitória e faturou seu sexto título nacional para delírio da imensa massa tricolor presente no estádio Bezerrão.
O jogo começou quente e o São Pauo deu mostras de que não iria deixar escapar o título. A defesa goiana entrava duro nos jogadores paulistas e o árbitro baiano Jailton dos Santos aplicou diversos cartões amarelos nos jogadores do Goiás.
Mas a primeira chance de perigo foi do Goiás. Cruzamento de Vítor pela direita e a bola passou por Paulo Baier que desviou de letra. A bola passou rente à trave.
O São Paulo acordou no jogo e passou a atacar. A zaga fo Goiás fez falta em Borges em frente à pequena área. O goleiro Rogério Ceni cobrou e Harlei defendeu. No rebote Hugo chutou e Borges em posição irregular escorou para dentro do gol. O bandeira validou o lance apesar das reclamações dos jogadores do Goiás.
O gol foi sentido pela equipe goiana enquanto o São Paulo continuou no mesmo ritmo. Em mais uma cobrança de falta Rogério Ceni cbrou e a bola passou por cima da meta de Harlei.
O Goiás assustou o São Paulo quando em mais um cruzamento de Vitor o atacante Fausto cabeceu forte. Rogério Ceni desviou a bola e ela foi para fora.
Dagoberto também recebeu bola pela direita e chutou forte para defesa de Harlei, o nome do jogo.
No segundo tempo o técnico Hélio dos Anjos tirou Fahel para a entrada de Adriano Gabiru na esperança de fortalecer o sistema ofensivo. Mas de nada adiantou pois o São Paulo dono da segunda melhor defesa do campeonato (atrás apenas do vice líder Grêmio) anulou o ataque goiano.
O São Paulo ainda perdeu uma oportunidade inacreditável de ampliar o marcador. Cruzamento de Joílson e Borges chutou à queima-roupa. Harlei no reflexo defendeu.
Outro lance: Hugo recebeu passe na grande área e chutou a bola desviando de Harlei. A bola bateu na trave e quase o zagueiro goiano coloca para dentro.
Faltando cinco minutos para o fim inteligentemente o técnico Muricy Ramalho começou a fazer substituições para ganhar tempo. E o juiz apitou o fim do jogo. São Paulo campeão 1 e Goiás cheio da grana 0.
A FBF armou um palanque com direito à taça e papel picado para homenagear o campeão brasileiro. Rogério Ceni e Muricy Ramalho foram aclamados pelo público e deram a volta olímpica pelo estádio.

Mas nem tudo foi festa. Na hora de ir embora um congestionamento de 6 kilômetros aguardavam os torcedores na saída do estádio. E um tumulto envolvendo uma torcida organizada do São Paulo e a Polícia Militar terminou com uma pessoa baleada de raspão na cabeça e uma criança ferida por estilhaços.
Além disso os outros times envolvidos na competição querem esclarecimentos sobre a mal contada história do afastamento do árbitro Vágner Tardelli do Rio de Janeiro que foi impedido de apitar a partida de ontem por suspeitas de manipulação de resultados, manchando assim o campeonato.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Gama vai de roupa nova em 2009

Autor: Marcelo | domingo, 7 de dezembro de 2008 | Categoria: | 2 comentários


Muitas novidades aguardam o torcedor alviverde em 2009. Estádio novo, jogadores novos, técnico novo, diretoria nova e agora uniformes novos.
E o Gama fechou contrato de fornecimento com a empresa Superbolla de materiais esportivos no lugar da contestada Mallui.
A Superbolla fornece material esportivo para diversas equipes do Brasil principalmente no eixo centro-oeste e sudeste. Entre os clubes que utilizam a marca estão Vila Nova-GO, Itumbiara-GO, Atlético-GO, Mixto-MT, Tupi-MG e Legião-DF.
Abaixo uma figura da camisa do Jataiense-GO confeccionada pela Superbolla que dá uma idéia de como ficará o novo manto alviverde:

Olha a mala!!!

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários

O jogo de hoje envolvendo as equipes do Goiás e São Paulo vai ter de tudo. Estádio novo, torcidas apaixonadas, televisão...e malas.
Sim, malas de dinheiro circulam à vontade entre as equipes que não tem aspirações no campeonato. Estima-se que Goiás e Atlético-MG tenham recebido incentivos financeiros para vencerem seus últimos compromissos a fim de ajudar Grêmio e São Paulo respectivamente. Essa é a mala branca.
Mas existem as malas pretas que são incentivos dados às equipes para rebaixarem seus oponentes. Vitória, Santos, Flamengo e Internacional estariam recebendo os mesmos incentivos para rebaixarem Vasco, Náutico, Atlético-PR e Figueirense para vencerem suas partidas, rebaixarem seus adversários e ajudassem seus pagadores.
Mas a coisa fugiu do controle. Enviaram uma mala para o árbitro carioca Vagner Tardelli para beneficiar um clube e a notícia estourou. Outro árbitro foi selecionado para apitar a partida e jogou um clima de "marmelada" na decisão.
A luz amarela já foi acesa e lembrou o ano de 2005 em que jogos foram anulados devido ao esquema de venda de arbitragens. Coicidência ou não o campeão foi o São Paulo.
O campeonato está sendo disputado por São Paulo e Grêmio. Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo brigam por duas vagas na Libertadores da América. Na parte de baixo Atlético-PR, Figueirense, Náutico e Vasco disputam quem vai fazer companhia a Portuguesa e Ipatinga na série B em 2009. Todos os jogos acontecem hoje às 17:00.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Agora só pela TV

Autor: Marcelo | sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários




A última rodada do campeonato brasileiro promete ser quente. Especialmente a última partida do Goiás a ser realizada contra o São Paulo no majestoso estádio Bezerrão.
E após uma longa disputa sobre o valor dos ingressos e muita confusão, todas as 19.800 entradas foram vendidas. Isto representa uma arrecadação de aproximadamente R$ 2.300.000,00 que foi praticamente o que o clube esmeraldino faturou durante todo o ano neste brasileirão.
O São Paulo depende apenas de si para levantar mais uma taça. Precisa apenas de um empate diante do desinteressado Goiás. Pode até perder a partida porém necessitaria de uma vitória do Atlético-MG diante do Grêmio que também joga pelo título.
A partida está prevista para ocorrer no próximo domingo às 17:00 no estádio Bezerrão.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

CANDANGÃO 2009 - Clubes se preparam

Autor: Marcelo | quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 | Categoria: | 1 comentários


O alviverde candango do DF começa sua preparação no dia 15 deste mês com o novo técnico Giuliano Pariz. Um avanço em relação ao estadual deste ano quando o grupo gamense somente foi apresentado no dia dois de janeiro. Mas mesmo assim o Gama já está atrasado em relação à alguns clubes que disputarão o candangão do ano que vem.
Para compensar a defasagem técnica em relação ao poderoso Brasiliense as equipes menores adiantaram a preparação e definiram técnico e jogadores. Abaixo um breve resumo sobre os integrantes da primeira divisão do campeonato candango:

BRASILIENSE
O atual campeão candango ainda não definiu o início da preparação porém o grupo permanece o mesmo do campeonato brasileiro da série B. O técnico Reinaldo Gueldini ainda não renovou mas tem boas chances de continuar no comando da equipe amarela. Do grupo atual apenas Júnior Baiano e Marcinho já declararam que estão indo para outras equipes.

GAMA
Definiu o técnico Giuliano Pariz, auxiliar técnico Gérson, preparador de goleiros Márcio Defendi. Do grupo que disputou e caiu na série B ficaram o goleiro André Zandoná, o zagueiro João Vitor, o lateral Elivelton, o meia Thiaguinho e os atacantes Maia e Dendel. Bebeto e Adriano Magrão devem ser emprestados. Apesar de não ter oficializado os contratos o clube contratou o zagueiro Gilvan (Bacabal-MA),Meia David e Goleiro Walter (Desportiva-ES), Zagueiro Pedrão e volante Marco Antônio (GEL-ES), Lateral Yomisio, Zagueiro David e meia Andrezinho (Rio Branco-ES), Volante Ferrugem (São Mateus-ES) e o Meia Eduardo (Vilavelhense-ES).
O técnico chega a Brasíia no dia 13 e a reapresentação está marcada para o dia 15 deste mes.

DOM PEDRO II
O vice-campeão candango que disputará a copa do Brasil firmou uma parceria com o Clube Atlético Bandeirante que permitirá um intercâmbio de jogadores. Não tem técnico nem jogadores definidos assim como a data de apresentação.

CEILÂNDIA
Terceiro colocado no campeonato deste ano o Gato definiu que seu técnico será Marquinhos Bahia que dirigiu o Holanda-AM na série C deste ano. Ainda não definiu jogadores e nem data de reapresentação. O novo técnico começa seus trabalhos na segunda feira.

LEGIÃO
O Leão Branco já está trabalhando com seu grupo de jogadores desde o dia primeiro de Novembro. O técnico é José Lopes Risada que comandou o Dom Pedro II na série C. O grupo está praticamente fechado e já fez até um amistoso diante do Brazsat vencido pelo leão por 1x0.

BRAZLÂNDIA
O clube alviceleste começou seus trabalhos nesta semana. Com um time muito renovado mesclado com jogadores experientes o clube ainda não anunciou seu comandante. O estádio Chapadinha sofreu algumas reformas e está pronto para receber seus jogos.

BRASÍLIA
De volta à primeira divisão depois de dois anos o Brasília definiu que a equipe continuará sendo comandada por Marquinhos Carioca. O grupo se reapresenta na próxima terça-feira.

LUZIÂNIA
O Elefante goiano está de volta ao campeonato candango. Com um bom estádio e uma torcida fiel o Luziânia promete montar um grupo forte para o torneio. O técnico será Baggio que vem das categorias de base do Cruzeiro-MG. Vários atletas que participaram do vice-campeonato da segunda divisão renovaram. A apresentação está marcada para o dia 15 deste mês.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

TOMOU? Procon do DF manda Goiás abaixar ingressos

Autor: Marcelo | quarta-feira, 3 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários







A briga do Goiás com a CBF e o São Paulo não sensibilizou o Procon do DF. Após mais uma reunião a diretoria do Goiás acatou a decisão da entidade e abaixou ainda mais os ingressos para o último jogo decisivo do campeonato brasileiro da série A.
Os ingressos serão vendidos a partir de amanhã à tarde nas lojas free corner e nas bilheterias do estádio Bezerrão.

TORCIDA GOIANA NÃO VEM
O goiás pelo jeito vai jogar fora de casa mesmo pois entre as torcidas não houve nenhuma movimentação no sentido de mobilizar a torcida para a cidade satélite do Gama. Os preços abusivos e a ausência de objetivos no campeonato são os prováveis motivos.

NOVOS PREÇOS:
Cadeiras cobertas (1.300 ingressos): R$ 250,00 a inteira;
Cadeiras atrás dos gols: R$ 100,00 a inteira;
Cadeiras nas laterais:R$ 150,00 a inteira.
Para todas as áreas haverá o ingresso para estudantes.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Goiás não segura a pressão e abaixa valor dos ingressos

Autor: Marcelo | terça-feira, 2 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários








É oficial. Depois de a CBF, Ministério Púlico, Procon e São Paulo F.C ameaçarem acionar a justiça, o presidente do Goiás cedeu e abaixou o preço dos ingressos para a decisão do campeonato brasileiro.
Agora o torcedor que quiser assistir a partida pagará R$ 250,00 pela cadeira na arquibancada coberta; R$ 200,00 nas arquibancadas laterais e R$ 150,00 nas arquibancadas atrás dos gols.
Em compensação a promoção do alimento não perecível para as vítimas da enchente em Santa Catarina não será colocada em prática. Somente os estudantes e professores terão direito à meia entrada.
Para que a redução acontecesse foi preciso a intervenção do governador do DF José Roberto Arruda junto ao presidente do clube esmeraldino em reunião na casa do governador.

VASSOURADA: Gama faz faxina no elenco

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários

Depois do vexame do rebaixamento à terceira divisão, o mandante do estádio mais bonito do centro-oeste divulgou a lista dos jogadores que irão ficar com a missão de reeguer o clube.
Do grupo atual permanecerão os laterais Lucas Silva e Elivélton, o zagueiro João Vitor, o meia Thiaguinho e os atacantes Maia e Dendel. Eles se juntarão aos novos contratados (Zagueiros Gilvan e Pedrão, lateral direito Yomisio).
Com isso deixam o clube: os goleiros Donizeti e André Zandoná; zagueiros João Paulo e Anderson; volantes Júlio César, Uéliton e André Silva; meia Michel.
Na comissão técnica Jean Cláudio e seu auxiliar Cristiano Baggio deixam o clube. O novo técnico Giuliano Pariz acompanhado do auxiliar técnico Gérson assumem. Márcio Defendi continua como preparador de goleiros.
Bebeto ainda não acertou sua permanência assim como o astro Adriano Magrão.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

QUEM? Torcedores torcem o nariz para os reforços

Autor: Marcelo | segunda-feira, 1 de dezembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

Meia David e Goleiro Walter da Desportiva; Zagueiro Pedrão e volante Marco Antônio do Laranjeiras; Lateral Yomisio, Zagueiro David e meia Andrezinho do Rio Branco; Volante Ferrugem do São Mateus;Meia Eduardo da Vilavelhense. Uma mini seleção do futebol capixaba é o reforço para a Sociedade Esportiva do Gama se reabilitar do descenso e do jejum de seis anos sem títulos.
A torcida começou com uma boa expectativa para o ano que vem mas já vê com desconfiança os jogadores que vestirão a camisa alviverde. Isto porque a nova diretoria está insistindo em repetir os mesmos erros da anterior que é a de importar toda a equipe e comissão técnica em detrimento dos valores locais.
Fica a dúvida no ar: Como o futebol capixaba que está em baixa, não tem representante nas séries A, B ou C vai ter chances em um torneio de alto nível técnico como o de Brasília?
A esperança é a de que alguns destaques do time como o volante Júlio César, o meia Thiaguinho e o atacante Maia renovem seus contratos para ajudar a equipe.

Goiás salga ingressos para evitar festa

Autor: Marcelo | | Categoria: | 1 comentários



Uma manobra de certo ponto indecente da diretoria do Goiás vai esvaziar a festa do tri do São Paulo. Como é mandante do campo e não existe restrição a respeito do preço máximo do valor do ingresso, o Goiás vai cobrar R$ 400,00 reais dos torcedores paulistas para assistir o jogo.
Quem quiser um "abatimento" o Goiás fez uma promoção. Basta levar um kilo de alimento não perecível, agasalho ou brinquedo terá 50% de desconto para ajudar as vítimas da enchente de Santa Catarina.
Porém o sócio torcedor do Goiás pode retirar sua entrada em um quiosque montado em frente ao estádio Bezerrão. Na verdade tudo se deve à briga entre o clube goiano, a CBF e a Federação de Futebol de Brasília. O Goiás está "com ciúme" da cidade satélite do Gama receber um jogo da seleção e agora a decisão do campeonato brasileiro.
A carga total será de 18 mil ingressos sem reserva de torcidas.

domingo, 30 de novembro de 2008

Uma nova fase está por vir!

Autor: Sérgio Vinícius | domingo, 30 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários



Depois de anunciar o novo técnico a nova diretoria do Gama já anunciou os primeiros 4 reforços!
3 ninguém nunca ouviu falar e o outro um velho conhecido da torcida Gamense:

NOME: PEDRÃO
POSIÇÃO: ZAGUEIRO
EX CLUBE: GEL

NOME: MARCO ANTÔNIO
POSIÇÃO: VOLANTE
EX CLUBE: GEL

NOME: YOMÍSIO
POSIÇÃO: LATERAL DIREITO
EX CLUBE - RIO BRANCO

E o nosso conhecido é nada mais nada menos que o zagueirão Gilvan que jogou no Gamão em 2006 e 2007.

Hoje no estádio Bezerrão ocorreu a reunião com os conselheiros e nova diretoria do Gama e nosso amigo Nur Omar acompanhou a reunião e disse à comunidade Sociedade Esportiva do Gama, tudo que foi discutido, leia abaixo:

"~ O Gama possuí uma divida hoje, estimada em 9 milhões de reais: O Paulo Goyaz foi claro e direto em falar das finanças do clube.
~ A sede do Gama que hoje está no Plano Piloto, voltará para o Gama, e será dentro do estádio Bezerrão.
~ O Time do UNIVERSO de baquete, que já foi inclusive campeão Brasileiro se chamará GAMA/UNIVERSO ou UNIVERSO/GAMA e assim que o Ginásio do Gama estiver pronto os jogos serão realizados aqui.
~ O Gama, assim como Grandes clubes do futebol Brasileiro, terá escolinhas de futebol, com o nome da SEG, no Entorno de Brasilia. Isso foi possivel graças a um apoio dos prefeitos das cidades.
~ O Treinador foi escolhido com muita calma: entre seis nomes que foram entrevistados, o PARIZ foi escolhido. O Flavio Roupp novo diretor de futebol, passou o dia com ele no ES e viu o trabalho do treinador antes de ratificar a contratação do memso.
~ A reapresentação será dia 15 de dezembro
~ Apenas seis atletas irão continuar no elenco, desse time do ano passado.
~ O Sócio Torcedor terá uma carteirinha única, com foto e nome, e terá um lugar marcado no estádio, uma cadeira para ele. Ele terá acesso a todos os jogos no bezerrão, na cadira marcada.
~ Quem assinar o Socio Torcedor ficará na PETALA PRINCIPAL, pois é la que o Presidente Paulo Goyaz quer concentrar a torcida. cada um tera´sua cadeira cativa no estádio. "


**Por enquanto estamos no caminho certo, mas estão faltando contratações conhecidas da torcida Gamense. Vamos lá Paulo Goyaz, temos que montar um time forte para sermos campeões do campeonato de Brasília e da Série C! Os dois campeonatos são meras obrigações da nova diretoria
!**

Saudações Alviverdes!

sábado, 29 de novembro de 2008

Novo treinador alviverde fala à imprensa

Autor: Marcelo | sábado, 29 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

Giuliano Pariz concedeu entrevista ao repórter Marcos Paulo Lima do Jornal de Brasília já falando como atual técnico do clube. Nela o atual contratado fala sobre suas expectativas com o novo clube e sobre a hegemonia do Brasiliense no DF.

Bom dia, Giuliano. Já está em Brasília?

Ainda não, cara! Tô no Espírito Santo ainda. Tenho um monte de assunto particular para resolver antes de me mudar para Brasília.

Se apresenta quando?

A diretoria me pediu para começar dia 15. Acho um pouco em cima. Um mês de trabalho é pouco. Nossa estréia (no Campeonato Brasiliense) é dia 18 de janeiro. O tempo é curto, mas entendo. Alguns jogadores daí com os quais pretendo contar precisam descansar um pouco.

Com quem pretende contar?

Ainda estou definindo. Vi o jogo de ontem pela tevê (Gama 0 x 0 Bahia), mas não é possível dizer nada. O jogo foi muito ruim, cara, meu Deus do céu. Também, o time estava rebaixado, desmotivado. Não dá para exigir muito.

Quantos jogadores pretende trazer do Espírito Santo?

Já tenho uns 14, 15 na minha agenda, mas só pretendo revelar na semana que vem.

Fechou quando com o Gama?

Há uma semana. Flávio Raupp (diretor de futebol) me ligou e aceitei o desafio. A situação atual é bem diferente de 1999, quando joguei no Gama, mas gosto de desafios.

Você jogou uma partida pelo Gama no Brasileiro de 1999, não foi?

Isso, contra o Atlético-PR. Na época tava um rolo danado. Bahia e Vitória eram donos do meu passe. Complicaram minha passagem pelo Gama e tive de ir embora.

E esse desafio de assumir um time na Série C?

Não tenho medo não. Peguei o Rio Branco-ES aqui e devolvi auto-estima ao clube. O negativismo era muito grande. Eles eram conhecidos como o time que nunca deu certo. Há muito tempo eles nem chegavam em final. A diretoria só fazia m... Fomos vice-campeões da Copa Espírito Santo e a torcida voltou a acreditar no clube. Hoje, os salários estão em dia, jogadores têm plano de saúde....

O Brasiliense é pentacampeão consecutivo de Brasília. Vem para quebrar essa hegemonia?

Pentacampeão??? Vixe, cara! Não tem problema. Gosto de desafio. A diretoria daí me passou muita credibilidade. No que depender de mim, vamos fazer um excelente trabalho.

Se acha um técnico pé quente?

Olha, cara! Em dois anos e meio como técnico cheguei a quatro finais e ganhei uma. Mas não sou Vasco não, viu! O Vasco é sempre vice. Eu, pelo menos, ganhei um título (risos).

Quem é o teu referencial como técnico?
O Péricles Chamusca. Fui auxiliar dele no Bahia. Ele tem um jeito simples de trabalhar e faz com que o jogador vista a camisa não só do clube, mas a dele. Foi assim quando foi vice-campeão da Copa do Brasil aí, pelo Brasiliense (em 2002).

Você é o mesmo Giuliano da final do Brasileiro de 1993, né?

Isso. Jogava pelo Vitória. Na final, me colocaram como quarto homem de meio para fechar o lado esquerdo do Palmeiras. Que treinador louco aquele Fito Neves (risos). Deu tudo errado! Com 15 minutos de jogo aquele time do Wanderley Luxemburgo passou que nem um trator por cima da gente (risos).

FBF e Goiás não se entendem

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários



O Goiás perdeu o recurso impetrado no STJD e terá que jogar a última partida no estádio Bezerrão. Mas o clube goiano e a Federação Brasiliense de Futebol não se entendem a respeito do valor dos ingressos e das despesas.
O Goiás quer pagar a mesma cota que paga à Federação Goiana que é de 10% da arrecadação. Já Fábio Simão quer que o clube goiano pague as taxas primeiro e defina o número de ingressos.
Durante a semana o presidente do Goiás soltou farpas pesadas para o presidente da FBF Fábio Simão ao dizer que "ele só quer aparecer". O pior é que ele está certo.
Farpas à parte os ingressos serão vendidos nas lojas Free Corner e nas bilheterias do estádio Bezerrão e do ginásio Nilson Nelson. O mais barato estima-se no valor de R$ 45,00 e o mais caro R$ 200,00.

BOMBA:Nova diretoria contrata técnico desconhecido

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários


O Gama já tem técnico para 2009. Finalmente depois de muita tortura o técnico-preparador físico Jean Cláudio se despediu da Sociedade Esportiva do Gama e para o seu lugar a nova diretoria inovou e foi ao Espírito Santo buscar seu novo comandante.
Trata-se de Giuliano Pariz atual treinador do Rio Branco-ES. Quem banca a notícia é o Jornal de Brasília.
Com apenas 35 anos Giuliano é um técnico novato que fez um grande trabalho na equipe capixaba. Conhecido por ser amigo dos jogadores, o novo treinador diz que parou de jogar por falta de motivação: "Não tinha mais motivação para jogar. Trabalhei em time grande, depois passei a jogar em time pequeno. Não recebia e aí acabei parando", explicou Giuliano, que enquanto ainda atuava, já ajudava em Jaguaré. "Joguei a segunda divisão pelo time, depois assumi a equipe de juniores. Aí o Eloy caiu e assumi o profissional."
Comandando o Rio Branco na Copa Espírito Santo, o técnico é querido por todos no elenco. Um exemplo é o volante Almiro, que atua na mesma posição que Giuliano jogava, a cabeça-de-área. "Por ele ter jogado como volante também, ele passa os atalhos do campo e a hora certa de dar o bote. Está sendo um aprendizado", diz Almiro.
E Giuliano não só fala como o time deve jogar. Ele faz. "São meninos muito novos. Então mostro o posicionamento e o trabalho de virada de jogo", conta o treinador, que até tira uma onda. "Eu não erro (risos). Fui bater uma falta e falei: é desse jeito. E foi gol."
"É aquele treinador que fala a língua do jogador. O que ele tem de experiência, ele passa para a gente", admite Almiro.
Com o treinador devem chegar os destaques daquela equipe na copa ES como o lateral direito Yomisio e o zagueiro David. Pelo Rio Branco o treinador foi vice-campeão deste ano na copa ES perdendo a final para a Desportiva com um empate sem gols.
Desta forma a expectativa de contar com um técnico experiente para 2009 vai por terra. Agora é aguardada a lista de dispensas para a formação da nova equipe alviverde para o candangão do ano que vem.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Gama 0x0 Bahia - Acabou, graças a Deus

Autor: Marcelo | sexta-feira, 28 de novembro de 2008 | Categoria: | 1 comentários


O Gama se despediu da pior forma possível da segunda divisão do campeonato brasileiro. Jogando o mesmo futebol fraco das partidas anteriores o alviverde candango foi envolvido pelo time baiano e pouco ameaçava a retaguarda tricolor.
Apenas 83 bravos guerreiros compareceram para torcer no estádio. O jogo também marcou a despedida definitiva do Gama do Mané Garrincha, já que a partir do ano que vem o estádio Bezerrão voltará a abrigar os jogos do periquito
No primeiro tempo o Gama não se achou em campo. Com Bebeto isolado no ataque o pouco criativo meio de campo se limitava a espanar as bolas de ataque do Bahia.
E as melhores chances foram do tricolor. Mais uma vez André Zandoná foi o melhor jogador da partida ao fazer três defesas difíceis. Em uma delas a bola chegou a bater no travessão.
O técnico-preparador físico Jean Cláudio então resolveu mexer no segundo tempo. Tirou o atacante Bebeto totalmente fora de forma para a entrada de Maia. O alviverde passou a equilibrar o jogo com boas oportunidades criadas. Aos 8 minutos Thiaguinho recebeu lançamento dentro da pequena área e chutou prensado. O goleiro baiano defendeu.
Aos 19 minutos um lance inusitado: Júlio César sofreu falta por trás e o juiz wilson Luiz Seneme colocou a mão no bolso e ia levantar o cartão. Porém o cartão amarelo não estava lá. Foi preciso o quarto árbitro lhe emprestar o seu cartão amarelo para que o juiz penalizasse o jogador baiano.
Aos 22 Maia que havia entrado no segundo tempo sentiu a perna e pediu para sair. Edimar entrou em seu lugar.
Aos 23 o Bahia quase marcou. Paulo Roberto viu Zandoná adiantado e chutou colocado. A bola foi pra fora.
Jean Cláudio então queimou a última substituição: trocou o volante Peterson por André Silva. Aos 33 jogada pela esquerda de Elivelton que tocou para Lucas Silva. O jogador bateu bem e a bola bateu na trave.
Elivelton ainda fez uma boa jogada na pequena área defendida por Fabiano. Mas o placar permaneceu inalterado. Final de jogo: Gama rebaixado 0, Bahia mantido também 0.

NÃO VENHA! Gama sobe o preço dos ingressos

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários

Finalmente o Gama poderá descansar em paz depois de um ano trágico. A extrema unção será dada hoje à noite em jogo antecipado pela CBF. Gama já rebaixado enfrentará um Bahia sem ameaça de cair e nem de subir.
Mas mesmo em baixa a diretoria resolveu espantar os poucos corajosos que irão ao jogo. Os ingressos foram majorados de R$ 1,00 para R$ 10,00.
Segundo os mandatários o preço aumentou tendo em vista não haver parcerias para dividir as despesas. Mas a torcida promete comparecer para fazer um enterro simbólico da equipe com direito a velas e caixão.
De qualquer modo será a despedida definitiva do Gama utilizando as instalações do Mané Garrincha. A partir do ano que vem o time alviverde poderá voltar a atuar em sua casa, o Bezerrão.

MAIS UM QUE VAI
Agora quem deu adeus ao Gama foi o meia Michel. O atleta não era titular porém costumava entrar no decorrer das partidas.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

O último a sair apaga a luz

Autor: Marcelo | quinta-feira, 27 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

Os jogadores que rebaixaram o Gama não vêem a hora de ir embora. Mais dois já anunciaram que estão abandonando a barca alviverde.
O lateral Rodrigo Ninja apareceu no CT apenas para conversar e pegar seus pertences. O jogador que teve uma boa passagem pelo Gama em 2005 e 2006 não foi bem este ano. Como tem contrato como São Caetano, ele retorna ao clube paulista onde deve ser reaproveitado.
O Anápolis que disputará o Goianão anunciou três contratações. Uma delas vai jogar a última partida pelo Gama contra o Bahia. É o volante Peterson que veio do clube goiano e passou boa parte no estaleiro. As outras duas são o atacante caolho Dinei (ex-Gama) e o volante Marquinhos Bolacha que estava no Bacabal-MA.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Saem os primeiros degolados

Autor: Marcelo | quarta-feira, 26 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

O processo de renovação começou na Sociedade Esportiva do Gama. Ontem quatro jogadores foram dispensados.
O lateral Edylton, o zagueiro Pedro Paulo, o goleiro Luis Henrique, O volante Aragoney e o atacante Alisson deixaram a equipe e não fazem mais parte do plantel alviverde.
O próximo cotado à degola é o técnico-preparador físico Jean Cláudio. Após conduzir o Gama ao desastre do rebaixamento Jean fala à imprensa pedindo desculpas pelos maus resultados mas que não pensa em voltar à sua profissão antiga.
Segundo ele já houve propostas do futebol goiano para exercer sua profissão. Na verdade o que o técnico queria mesmo ele já conseguiu. Apareceu na mídia como treinador de clube da segunda divisão.
Para a despedida contra o Bahia o time treinou com a seguinte formação: André Zandoná; Lucas Silva, Anderson, João Victor e Elivelton; Julio César, Ueliton, Peterson e Thiaguinho; Dendel e Bebeto. Maia e Donizeti ficarão no banco de reserva assim como o volante Tales de apenas 18 anos vindo dos juniores.

ASSEMBLÉIA DIA 30
No próximo domingo uma reunião com todo o colegiado do Gama terá lugar no estádio Bezerrão. Na pauta estão temas como situação atual,nova diretoria e planejamento para o futuro do clube.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

CONFIRMADO: Jogo do título será no Bezerrão

Autor: Marcelo | terça-feira, 25 de novembro de 2008 | Categoria: | 8 comentários


Após muita especulação o Goiás esporte clube confirmou que disputará sua última partida do Brasileirão no estádio Bezerrão. E o verdão goiano vai encarar nada menos que o São Paulo, líder do campeonato e virtual campeão.
Esta é a segunda das três partidas de suspensão impostas pelo STJD ao clube goiano devido aos problemas ocorridos no Serra Dourada na partida contra o Cruzeiro quando torcedores de ambas as equipes fizeram uma batalha campal no estádio. A primeira partida de suspensão foi cumprida em Itumbiara, no interior goiano.
Desde então o São Paulo tentou mudar o local da partida remarcada para o JK em Itumbiara para o estádio Maracanã. Mas a CBF remarcou a partida para o estádio do Gama.
A partida está marcada para o dia 07/12 às 16:00. A enorme torcida tricolor presente na capital agradece e certamente terá grande reforço das cidades vizinhas para comemorar o possível tricampeonato da equipe paulista.

As primeiras mudanças

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários

O presidente Paulo Goyaz ainda não sentou na cadeira de presidente da Sociedade Esportiva do Gama mas já tomou a primeira medida como tal. A primeira foi o retorno de Flávio Raupp como diretor de futebol.
Raupp já esteve no Gama na mesma função quando a equipe alviverde estava na primeira divisão. Formado em direito Flávio Raupp foi um dos idealizadores e defensores da copa centro-oeste, da qual era presidente da liga na época. Afastado de Brasília Raupp tentou a sorte na política em Três Rios-RS.
O segundo vice-presidente Agrício Braga falou à imprensa que pretende formar um grupo no campeonato candango e manter para disputar e vencer a série C, mas que as dificuldades são muitas. As incertezas começam na manutenção do patrocínio com a Antares engenharia. Agrício disse que vai pedir apoio ao governador Arruda para manter o patrocínio com o BRB. Com os pés no chão Braga disse que o Gama não irá fazer loucuras mas que o campeonato candango e a terceira divisão não estimulam a vinda de bons atletas.
Sobre a comissão técnica ainda não se falou nada mas é certa a saída do atual comandante Jean Cláudio.
O atacante Alisson pediu dispensa do grupo para acompanhar a gravidez da sua mulher porém só será dispensado caso algum dos atacantes (Maia ou Bebeto) se recupere até o jogo do final de semana.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Ano novo, nova realidade

Autor: Marcelo | segunda-feira, 24 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

Em 2009 o Gama irá encontrar seus novos adversários no campeonato brasileiro da série C. O alviverde fará companhia ao CRB na terceirona e mais dois clubes (atualmente Fortaleza e Criciúma) darão seus lugares a Atlético-GO, Guarani-SP, Campinense-PB e Duque de Caxias-RJ.
A série C do ano que vem será disputada em pontos corridos porém será parcialmente regionalizada. Os 20 times serão divididos em dois grupos de dez integrantes de acordo com sua localização geográfica.
O Gama então estará no grupo teoricamente mais forte que englobará o eixo sul/sudeste/centro-oeste.

Os dez clubes que formariam o Grupo da Região Norte/Nordeste:
CRB-AL, Rio Branco-AC, Fortaleza-CE*, Paysandu-PA, Águia-PA, Sampaio Corrêa-MA, Icasa-CE, Confiança-SE, ASA-AL e Salgueiro-PE.

Região Sul/Sudeste/Centro-Oeste:
Brasil-RS, Gama-DF, Criciúma-SC*, Caxias-RS, América-MG, Guaratinguetá, Ituiutaba-MG, Marcílio Dias-SC, Mixto-MT e Luverdense-MT.

*Caso sejam rebaixados

Para conseguirem o acesso os clubes devem se classificar entre os quatro primeiros na primeira fase que terá jogos de ida e volta. os oito classificados farão um octogonal decisivo tembém em jogos de ida e volta. Os primeiros quatro colocados subirão para a série B em 2010.

sábado, 22 de novembro de 2008

Ceará 1x0 Gama - Triste rotina

Autor: Marcelo | sábado, 22 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários


O Gama foi a Fortaleza enfrentar o time do Ceará sem motivação alguma. Jogando no estádio Castelão para pouca mais de três mil pessoas, o alviverde candango foi derrotado mais uma vez.
O Gama estreou o lateral esquerdo Elivelton, prata da casa. Isto porque Aelson e Rodrigo Ninja abandonaram o time. No ataque somente dois atletas especialistas (Alisson e Dendel) pois nem no banco de reservas não havia atacantes.
E a qualidade técnica faltou ao Gama para poder pelo menos dar alguma alegria ao técnico-preparador físico Jean Cláudio. No primeiro tempo o periquito jogou um futebol razoável e perdeu boas oportunidades de abrir o placar. Quando a conclusão para o gol era falha, o goleiro Adilson do Ceará estava lá para defender.
E no primero tempo o jogo ficou mesmo no zero. No segundo tempo o gênio Jean Cláudio sacou o cérebro da equipe Thiaguinho para a entrada de Edimar e tirou o volante Júlio César para a entrada de André Silva. Lula Pereira respondeu com a entrada de Deives e Vavá nos lugares de Cleisson e Lúcio. O Ceará passou a dominar o jogo e logo marcou. A defesa do Gama mais uma vez entregou o ouro: Vavá recebeu dentro da pequena área e tocou para Deives livre chutar para o gol de André Zandoná. 1xo Ceará.
A partir daí o jogo foi se arrastando com ambas as equipes em pretensão alguma. Jean ainda colocou o volante Aragoney no lugar de Peterson. Mas o árbitro apitou o fim do jogo.
A equipe alviverde colocará fim ao seu martírio jogando a última partida em casa diante do Bahia no próximo sábado às 16:00.

VEJA O GOL

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

QUÊ? Brasiliense pode adotar o Bezerrão

Autor: Marcelo | sexta-feira, 21 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

A queda do Gama à série C em um momento de busca da sede para a copa do mundo de 2014 já começa a mostrar seus reflexos. Originalmente construído para a ser a casa do Gama o presidente-fantasma da Federação Brasiliense de Futebol Fábio Simão acenou com a possibilidade do Brasiliense mandar seus jogos no estádio verde.
Isto porque o estádio Serejão será reformado ano que vem depois do campeonato candango. A capacidade do estádio amarelo que hoje é de 28 mil passará para 35 mil pessoas.
E como o Mané Garrincha será implodido a única alternativa seria o uso do Abadião. Simão acha extremamente natural o maior rival do Gama jogar no recém inaugurado estádio Bezerrão. Para ele o fato de ser um estádio da Secretaria de Esportes não dá direito de exclusividade de uso para a equipe alviverde.
A ingerência do Gama já custou caro em outras oportunidades. Prova de que o atual presidente da federação não tem boas relações com os dirigentes alviverdes é que este permitiu que um galo gigante fosse colocado no gramado quando o Gama jogava contra o Atlético-MG no Mané Garrincha.
E ano passado o Gama foi impedido de treinar do estádio porque não havia avisado a Secretaria de Esportes. Este ano o Gama ainda teve de jogar contra o Corinthians no estádio Serejão porque a mesma Secretaria não providenciou os laudos necessários do corpo de bombeiros e da defesa civil a tempo para o início da competição.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Ceará quer se despedir da torcida por cima

Autor: Marcelo | quinta-feira, 20 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários

A CBF alterou o "amistoso" entre Ceará e Gama. O jogo que originalmente seria disputado no sábado foi antecipado para a sexta- feira.
Mas a mudança não será contestada. Ambas as equipes gostariam que o ano acabasse logo de uma vez. Do lado cearense a decepção por ter ficado no meio do caminho depois de um bom começo de campeonato. O Ceará perdeu bons valores para outras equipe e comprometeu sua campanha.

CEARÁ
Vindo de uma derrota em casa para o Santo André que valeu a passagem dos paulistas para a série A, o elenco alvinegro só pense em se despedir da torcida de forma honrosa já que o seu próximo compromisso será fora de casa. O técnico Lula Pereira não poderá contar com o volante Chicão suspenso. Alexandre Silva será seu substituto.
O provável Ceará: Adilson; Dedé, Fabrício, Dezinho e Fábio Vidal; Michel, Alexandre Silva, Cleisson e Cadu; Lúcio e Sérgio Alves;

GAMA
Já condenado à sérei C o Gama não tem motivação nenhuma para a partida de amanhã. Como Adriano Magrão e Landu abandonaram o barco além de Bebeto e Maia estão machucados, o técnico-preparador físico Jean Cláudio terá problemas no ataque.
Provavelmente Alisson e Dendel comporão o setor.
Contando com as voltas de Rodrigo Ninja e Júlio César, a dúvida está no meio de campo. Edimar e Elivélton disputam a vaga ao lado de Thiaguinho na armação.
O provável Gama: André Zandoná; Edylton, Pedro Paulo, João Vitor e Rodrigo Ninja; Júlio César, André Silva, Edimar (Elivélton) e Thiaguinho; Alisson e Dendel.

Brasil 6x2 Portugal - O (re)descobrimento do Brasil

Autor: Marcelo | | Categoria: | 0 comentários


Nem o mais otimista torcedor esperava. Em uma noite apoteótica o Brasil homenageou a torcida e o estádio Bezerrão com uma sonora goleada imposta sobre a equipe lusitana.
O resultado seu uma sobrevida ao técnico brasileiro Dunga no comando da seleção. Já o técnico português Carlos Queiroz perdeu o rumo e deve receber o bilhete azul quando voltar à Europa.
Mesmo não lotando o estádio completamente a torcida compareceu e apoiou a equipe amarela desde o início, resultando em uma entrega dos atletas que corresponderam dentro de campo. Destaque para o artilheiro Luis Fabiano que marcou três gols. Kaká voou em campo mas não conseguiu marcar.
O virtual melhor jogador do mundo Cristiano Ronaldo fez um bom início mas depois desapareceu na partida.
No início da partida após o hino nacional ser cantado pela dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano, as homenagens ao maior jogador de futebol de todos os tempos. Pelé deu o chute inicial e o jogo começou com Portugal melhor em campo.
Logo aos quatro minutos Portugal abriu o placar. Após cobrança de escanteio a zaga falhou feio e Danny de letra marcou.
A torcida começava a ensaiar a vaia ao técnico Dunga quando o Brasil empatou. Em linda jogada individual de Robinho o atacante deu um passe açucarado para Luís Fabiano arrematar para o Gol.
A equipe portuguesa não sentiu o gol e atacava mais do que o rival. Mas a qualidade individual dos jogadores brasileiros fez a diferença. Robinho recebeu passe de Kaká na grande área e chutou. A bola passou rente à trave do goleiro Quim.
Mas logo em seguida o Brasil virou. Em linda jogada de Kaká, o meia viu a penetração de Luis Fabiano e tocou na pequena área. O matador girou ente três marcadores e chutou no canto. 2x1 Brasil.
No segundo tempo o Brasil veio determinado a vencer a partida. Em triangulação certeira Robinho recebeu dentro da pequena área e chutou. O goleiro Quim rebateu na canela de Luís Fabiano que marcou o terceiro.
O Brasil estava impossível. Em rápida troca de passes Robinho dentro da área viu a passagem de Maicon na lateral. O jogador quase sem ângulo chutou um balaço indefensável. 4x1 Brasil.
Portugal ainda esboçou uma reação. Simão Saibrosa recebeu passe de Maniche e ficou cara a cara com Júlio César. O atacante chutou cruzado e diminuiu. 4x2.
Mas não era o dia de Portugal. Pela lateral direita novamente Elano recebeu livre um passe e chutou de três dedos para o gol. A bola fez uma curva e matou o goleiro Quim. 5x2 Brasil.
O técnico Dunga de agora em diante só vai querer jogar no Bezerrão! Após uma série de substituições ainda deu tempo do Brasil marcar mais um. Cruzamento de fora da área de Josué e Adriano cabeceou forte no canto superior de Quim que nada pôde fazer.
O Juiz Jorge Larrionda nem deu acréscimos. Fim de jogo, goleada e o Brasil espanta a crise para o além-mar.
A parte negativa ficou na arquibancada. Apesar dos ingressos terem indicados os números das cadeiras, várias pessoas ficaram em pé na pétala pricipal. Indignação de quem pagou R$ 250,00 pelo ingresso.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Seleção também fora de campo

Autor: Marcelo | quarta-feira, 19 de novembro de 2008 | Categoria: | 0 comentários




Dentro de campo no estádio Bezerrão estarão presentes boa parte das estrelas que compõem a elite do futebol mundial. Mas fora dele muitas personalidades se farão presentes no amistoso.
A começar pelo quase-campeão de fórmula um Felipe Massa. O piloto será um dos homenageados pela organização.

O maior jogador de todos os tempos Edson Arantes do Nascimento, ou simplesmente rei Pelé dará o pontapé inicial da partida. O tetracampeão Romário que é garoto-propaganda do GDF dará as caras no evento.
Para cantar o hino nacional foi chamada a dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano. Ausência certa será a do Presidente da República Luis Inácio Lula da Silva. Segundo sua assessoria as condições de segurança atrapalhariam o evento.
Mas segundo o meio jornalístico esta seleção de famosos não sairá barato. Estima-se que o Governador Arruda gastou aproximadamente 10 milhões de reais para promover o amistoso na cidade do Gama.
Só para as seleções foram 3 milhões cada. O rei Pelé teria cobrado 1 milhão pela sua presença. E Romário estaria recebendo quinhentos mil a título de cachê pelas aparições nos comerciais.

Pesquisar este blog